Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
10
Ago 12
publicado por João Monteiro Lima, às 22:55link do post | comentar

Esta noite foi à Festa das Francesinhas, da Cerveja e dos Bons Petiscos que decorre até domingo, na zona do Parque Radical. Depois de ter falhado a duas edições, regressei e fiquei agradado. Obviamente, que o bom tempo ajudou e o que parecia ser um vento desagradável tornou-se numa amena aragem que convidada a passar uma boa parte da noite naquela zona da cidade.

Ajudou para esta apreciação, quer a francesinha muito bem confeccionadano Relax Burger, tal como é habitual nos diversos estabelecimentos do sempre atencioso e simpático Álvaro Gil, tal como o músico que foi servindo de animador durante o jantar. Os temas escolhidos, de Sérgio Godinho a José Mario Branco, passando por um dos mais injustiçados autores portugueses Fausto Bordalo Dias, acompanharam muito bem a francesinha, se bem que tais sonoridades - talvez por não passarem muito por cá - não serão muito apreciados por estas bandas, pelo que esta excelente actuação serviu não só para entreter mas para dar a conhecer alguma da melhor música que se faz em Portugal.

Quem escolheu o músico que actuou esta noite, está de parabéns.


Pena por nao ter estado lá, pois nao é todos os dias que se ouve musica desse calibre cá no Marco. Quanto ao Fausto, estou totalmente de acordo, espero que se tenha ouvido no Marco
\"Ó Pastor que choras
O teu rebanho onde está
Deita as mágoas fora
Carneiros é o que mais há

Uns de finos modos
Outros vis por desprazer
Mas carneiros todos
Com cara de obedecer\"

Leonardo João a 11 de Agosto de 2012 às 11:22

Sabes quem era? O Mário Mata pa!
"Vamos embora Manel!"
Leonardo João a 16 de Agosto de 2012 às 18:50

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO