Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
17
Jul 09
publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 19:05link do post | comentar

Conheço vários tipos de bloguistas: os que escrevem muito, os que escrevem pouco, os que escrevem bem, os que escrevem assim-assim e os que escrevem mal. Há também os que escrevem a sério, os que escrevem a brincar e os que vão alternando.

Pensei que já conhecia todos os tipos de bloguistas. Mas acabo de descobrir mais um: o bloguista que não sabe escrever e copia os textos dos outros. É o caso do Dr. Albino Cruz, irmão do presidente da Concelhia do PSD do Marco, que também já foi titular do cargo. Que faz ele? Para encobrir as suas próprias insuficiências, anda a reproduzir no sítio onde escreve (?) textos de José Carlos Pereira aqui escritos e, agora, também os meus. Claro que se poderia falar ao senhor em causa de direitos de autor, mas presumo que não lhe conste o que seja tal coisa. Que pretende o senhor? Um lugar nas listas do PSD para o irmão (de preferência outro para si, para compor o ramalhete). Porque é essa - apenas essa - a noção que tem do que é a causa pública.

O problema dos irmãos Cruz é que nunca têm coragem para serem os primeiros. A não ser no "sindicato" controlado de votos da estrutura partidária. Por outro lado, acontece que também ninguém os quer para número dois, ou três, ou quatro. Foi, assim, comigo, em 2001; foi assim com Manuel Moreira, em 2005; e é a sorte que agora volta a estar-lhes reservada.

Moral da história: se não têm coragem para serem nº 1 e se ninguém os quer nas suas listas, teremos de concuir que o problema não está nos outros - está neles. Será assim tão difícil perceber o óbvio ululante?

tags:

Confesso que estranho a insistência na reprodução de textos meus. Mas percebo bem a "agenda"....
José Carlos Pereira a 17 de Julho de 2009 às 19:47

Confesso que não sei qual o lugar dos Cruzes, mas também não sei qual é o seu. Parece um vime verde a pedinchar um lugarzito junto do Quim Manuel Moreira. E até aceitou esse dito lugarzito. É a vida


Carvalho



Anónimo a 18 de Julho de 2009 às 20:54

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO