Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
30
Set 09
publicado por António Santana, às 19:19link do post | comentar

 O concelho do Marco de Canaveses vai sofrer uma alteração significativa, nos  próximos tempos. Há uma série de projectos em desenvolvimento que potenciarão a região e por isso necessitam que se façam as escolhas certas, nestas eleições. Falo da electrificação da linha ferroviária até á estação e a sua continuidade até à Régua. Falo da nova escola Secundária e dos novos Centros escolares. Falo da ligação do baixo concelho à A4. Falo da continuidade da Bienal da Pedra e do aproveitamento do Museu da Pedra, como forma de desenvolver o baixo concelho. Falo do projecto de aproveitamento turístico da Barragem do Carrapatelo, para parque Hoteleiro. Falo dos Hotéis a construir em Mosteirô, concelho de Baião, mas que estão junto ao limite de Marco de Canaveses e, como tal aumentam a oferta de camas na região. Tudo isto obriga a uma mentalidade diferente da que teve a gestão autárquica de Avelino Ferreira Torres. Agora não é necessária a construção desenfreada e desordenada. Vai ser necessário o respeito pelo ambiente, um plano director Municipal que contemple estas novas realidades. Um actor que perceba que os jovens irão ter ensino obrigatório até ao 12º ano e que serão mais exigentes, no futuro.  Um gestor que perceba que terá que apostar a educação profissional. Um homem que seja capaz de perceber o mundo que existe hoje.  Para isso é necessário saber respeitar os outros e respeitar uma sã convivência em sociedade. Para isso é necessário entender que se os jovens se sentem bem no centro da cidade, só teremos que lhes dar condições para que disfrutem desse espaço. Não é tirando-os daí que vamos ao seu encontro. É em suma,necessário ter cultura democrática enraizada. Na minha opinião Manuel Moreira reúne essas condições, por isso tem o meu apoio.


Manuel Moreira também pode contar com o meu apoio.

Força Manuel Moreira
João a 30 de Setembro de 2009 às 20:17

Engano-me muito se disser que esses projectos quase nada têm a ver com a Câmara? Quem é que está a tentar enganar senhor Santana?
Fernando Silva a 1 de Outubro de 2009 às 13:45

Mas quem disse que os projectos têm a ver com a Câmara ? Deve ter lido mal. São projectos que vão alterar estruturalmente o concelho. E, por isso, é necessária uma visão de largo prazo. Não uma visão de construção desregrada. Por isso mesmo é que é importante que quem dirija a Câmara Municipal seja alguém que respeita o erário público e faça uma gestão responsável. Entendeu ?

Se não tivesse escrito a última frase, "...Na minha opinião Manuel Moreira reúne essas condições, por isso tem o meu apoio...", poderia até concordar com a sua resposta.

Sendo projectos que ultrapassam a câmara tal como agora diz o que argumenta para defender o seu candidato cai por terra.

Relativamente ao questão de sugerir que o mesmo faz "uma gestão responsável", também está enganado. Sugiro que analise as contas da autarquia dos últimos anos. Se as perceber compreenderá que é um erro manter o seu candidato mais um mandato à frente da câmara. Não ser tão mau como AFT não é o mesmo que dizer que é um BOM GESTOR.
jvaldoleiros a 3 de Outubro de 2009 às 22:30

É impressionante durante quatro anos nada fez mas agora a duas semanas das eleições é só projectos.

Acorde, e perceba que isso não passa de ficção. Já somos o gozo nacional por causa de AFT, não digam barbaridades para também sermos o gozo por causa destes apoiantes de MM. Em Gaia, em que muitos "pensavam" que Manuel Moreira era originário, já se riem dos Marcuenses.

Onde estiveram esses projectos durante 4 anos? Quantos desses nada tem a ver com a autarquia? Até aproveita-se de projectos realizados em Baião por uma autarquia PS. Não seria melhor como quase todo o distrito do Porto apoia-mos um candidato do PS do que alguém que não sabe como tem que gerir uma autarquia?
jvaldoleiros a 30 de Setembro de 2009 às 20:54

sim . .. é mesmo isso senhor JValdoleiros. . . apoiamos o artista que sabe pelo menos subir a escada pra tapar o nomedo "carrasco" da sua campanha(cometendo uma ilegalidade) apoiamos o homem que consegue cantar pior que o zé cabra ? é esse que apoiamos?
Apoiamos mais uma vez uma pessoa que nao conhecemos de lado nenhum ? ? ? . . . já chega de sonhos Artur Melo nao é um bom candidato a camara . . .quanto muito seria um candidato mediano a junta de fornos. . .
marco a 1 de Outubro de 2009 às 00:11

Eu não sei de onde é mas sei conheço o Artur há cerca de 47 anos, quase a minha idade. Andei com ele na Escola Primária de Fornos, mais tarde andei com ele no primeiro ano em que a Escola Secundária foi criada no Marco, andei com ele no Liceu de Penafiel, e ambos regressamos para inaugurar o "novo" edifício da Secundária já com direito a fazermos lá o terceiro ciclo. Eu depois entrei na Universidade e como muitos tive que fazer a minha onde era possível. Venho ao Marco para estar com a família e alguns amigos.
O Artur, pelo contrário, sempre lutou por esta terra. Lutou contra pessoas como AFT ou NS que arruinaram o Marco. E recordo que AFT apareceu por aqui homem feito e há quatro anos regressou à sua terra onde foi derrotado. E NS, tenho pena, mas não me recordo sequer dele dos meus tempos de juventude.
O Artur continuou a lutar contra Manuel Moreira, que me supreendeu muito quando soube que teria nascido no Marco. Os meus amigos de Gaia garantiam-me que ele era lá da terra. Eu posso falar à vontade porque apoio o Andebol de Gaia e muita gente conhece-o de lá. Terá sido alguém importante da política de Gaia que o empurrou para o Marco.
Mas uma coisa o Artur tem que o Sr. Marco não têm é coragem de dar a cara. Não é?

Caro Jvaldoleiros,

Eu nasci em no Lugar de Vila Nova, Freguesia de Tuías em 1964. A minha residência é em Tuías desde que nasci. Estive fora dois anos, em anos diferentes, em Moçambique, num projecto da empresa onde trabalho, a Fabrimar /Nanta. Devo dizer-lhe que o Sr.não sabe o que é lutar contra AFT. Ser ameaçado com bofetadas e irradiado de um clube a A.R. Tuías, onde fui um dos que muito trabalhou para que o que hoje existe lá esteja. Muitos dos que dizem que fizeram algo nunca gastaram um dia ou uma noite para fazer nada. Nós, até para comprar equipamentos cantamos as janeiras e fizemos muito mais. Foram demasiados anos a dizer não a esse Sr. para agora ter a mais pequena dúvida. Manuel Moreira é aquele que está em melhores condições de garantir a democracia no Marco. Pessoalmente admiro a sua familia , admiro Artur Melo, que considero um amigo, mas esta não é uma época de brio pessoais ou familiares, é uma época de mostrar que mesmo que a alguns a mão possa tremer, o voto verdadeiramente útil é em Manuel Moreira-

Faço minhas as palavras do Sr. Valdoreiros.


Idem idem aspas aspas.
António F.Oliveira a 1 de Outubro de 2009 às 12:28

Eu acrescentaria mais. Como seria AFT representante do concelho do Marco nas várias Associações de Desenvolvimento InterMunicipais, onde estão concelhos como Baião, Amarante, Penafiel....?
Seria também importante saber o que preferem os apoiantes das diversas candidaturas "Democráticas" MM ou AFT?
A minha opinião é "Toca a reunir..."
Candidato a Marcoense a 1 de Outubro de 2009 às 09:52

Aos ilustre que tinham dúvidas do número de presenças do comício de Ferreira Torres, agora têm a oportunidade de serem esclarecidos no cartaz da picota.

Hoje encontrei o Sr. Santana a contar um a um, julgo que vai ter que pedir desculpas aos leitores deste espaço.

Carvalho
Anónimo a 1 de Outubro de 2009 às 14:00

Devem ser já novos os projectos que estão a ser integrados no gabinete jurídico da CMMC, pois há imensas pessoas que nesta semana de campanha começaram a ver os seus processos respondidos por email ou correio. Alguns deles com quase 1 ano e alguns com muitos meses.
Curiosa esta "lavagem" de imagem ligada à burocracia que este executivo desenvolveu. É o vale tudo do "votinho" na altura de eleições...
Mariana Pereira a 1 de Outubro de 2009 às 15:51

Caro António Santana
Li, com entusiasmo, a sua reflexão.
Até a subscreveria, não fosse a conclusão personalizada em Manuel Moreira (MM).
Contra MM tenho mágoas e desrespeitos pessoais. Mas não é isso que pesa, hoje.
Não reconheço a MM a capacidade de, sózinho, com o "staff" político e técnico deste mandato (e não vejo, em termos de executivo, grandes novidades), para dar corpo aos desafios, fundamentais, que coloca na sua reflexão.
Estamos de acordo : AFT nunca mais! Sempre disse e escrevi ser um retrocesso civilizacional.
Hoje, a minha crença (no possível..) é seguinte : desejo uma Câmara sem maiorias absolutas, onde o presumível vencedor (Manuel Moreira), tenha de "aprender" a fazer alianças pós-eleitorais, de preferência á Esquerda (e não com o passado) e respeitar aqueles com quem as fará e aceitar os seus contributos.
Aí, sim, poderá garantir "um marco de mudança".
Abel Maria Simões Ribeiro a 1 de Outubro de 2009 às 18:26

Caro Abel Ribeiro,
Habituei-me a concordar com muitas das suas opiniões. O Sr. trouxe uma lufada de ar fresco e uma visão diferente aos nossos problemas. Sei das suas mágoas com Manuel Moreira. Mas sei que é um democrata convicto e que sabe perfeitamente que agora temos que deixar as mágoas para trás e mostrar as nossas convicções democráticas.Não podemos desperdiçar nem um único voto neste acto de maioridade democrática, por isso, será muito, mas mesmo muito importante votar em Manuel Moreira.

Já todos vimos que lhe falta capacidade para realizar esses e outros projectos. Foram 4 anos que não passaram disso mesmo, projectos...
Ou seja, um fez mal, outro nada fez.
Precisamos de pessoas capazes para realizar de facto projectos.

Por isso apoio o candidato do voto útil, Artur Melo.
tonymadureira a 2 de Outubro de 2009 às 08:18

Estimado Sr. Santana

Não há qualquer dúvida, MM merece nitidamente continuar a presidente da câmara municipal deste concelho, que é o nosso concelho.
As pessoas que vivem no Marco desde sempre já sabem disso, porque cresceram mais nestes últimos 4 anos do que em 20 anteriores a estes mesmos. Manuel Moreira é e vai continuar a ser o presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses. Todos sabemos que MM entrou ao serviço há quatro anos atrás numa câmara endividada, mas mesmo assim lutou com gato, e passo a passo foi vencendo as suas batalhas. O marco cresceu, não para cima com prédios mas como cidade. Hoje os marcuenses não têm medo, não têm vergonha de sair e dizer: SOU DO MARCO. E este tipo de coisas são mais importantes que prédios ao alto e sons de máquinas a trabalhar. Por isso vamos continuar a fazer caminho, vamos continuar a evoluir.

Paulo Ricardo Teixeira a 4 de Outubro de 2009 às 19:25

Caro Paulo Ricardo,

Muito do futuro joga-se nestas eleições. Está nas tuas mãos e de jovens como tu mostrar, que vocês sabem o que querem. Lutem, lutem e lutem, porque só assim evitaremos o retrocesso. Não parem de lutar. Esta semana é fundamental e vocês têm que movimentar a juventude e dizer-lhe que é um acto de GRANDE HIGIENE DEMOCRÁTICA, eleger Manuel Moreira.

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO