Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
02
Out 09
publicado por José Carlos Pereira, às 08:45link do post | comentar

O curioso "Tribuna Livre" publica o programa de Avelino Ferreira Torres, uma entrevista com o próprio candidato e uma carta que este dirige aos funcionários da autarquia. Discursos e propostas de uma pobreza confrangedora, mas que permitem revelar a sua posição em questões essenciais. Torres fará cumprir o contrato do cineteatro Alameda - "bora lá" dar mais um milhão à Efimóveis - e deixa claro que, por si, a concessão da água e saneamento pode seguir o rumo que o próprio contratou. Não está convencido de que seja um mau contrato!

Igualmente revelador é o facto do presidente da concelhia do CDS-PP, Paulo Santos, também ele funcionário da autarquia, declarar no jornal o apoio do partido a Avelino Ferreira Torres. Paulo Portas e a distrital do Porto conhecem isto? E ficam impávidos e serenos? O que eu gostava de ver Paulo Portas fazer o discurso dos valores e da honradez da direita em cima de um palco ao lado de Ferreira Torres... 


Isto de apoios das concelhias e distritais penso que é um mal que atingiu o PS, o PSD e se calhar o CDS-PP . Acho que todos estes partidos têm telhados de vidro.
ANTÓNIO OLIVEIRA a 2 de Outubro de 2009 às 11:43

Talvez, talvez...

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO