Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
28
Mar 09
publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 00:08link do post | comentar

O Instituto do Terço (Porto), em colaboração com a Associação dos Amigos do Rio Ovelha e com o apoio da Câmara Municipal, organiza o campo de férias dos seus educandos no Marco. À frente da inciativa está o nosso conterrâneo João Baptista Magalhães, dos corpos directivos daquela instituição.

Leia os pormenores aqui.


publicado por José Carlos Pereira, às 00:05link do post | comentar

A foto da primeira página do JN de ontem é todo um programa. Quem vir a expressão que ali está de Avelino Ferreira Torres e dos populares por trás dele pode entender um pouco do que se vai passar em Marco de Canaveses. Percebe-se claramente quem é Avelino e qual é a sua base de apoio.

Por isso, caros Manuel Moreira, Artur Melo e Castro e até Norberto Soares, se vão à luta contra Avelino Ferreira Torres percebam bem o que têm pela frente e onde está a base de apoio deste candidato. Quem vai ao mar prepara-se em terra!


27
Mar 09
publicado por José Carlos Pereira, às 13:00link do post | comentar | ver comentários (8)

SAPO Blogs

 

O Marco 2009 está a receber muitos visitantes novos devido ao facto de estar hoje como primeiro destaque nos Blogs do Sapo, o que nos apraz registar. Quando recebemos visitas gostamos de os prendar com boas novas. Nem sempre isso é possível em Marco de Canaveses, como bem sabemos, mas neste espaço de reflexão livre procuramos que todos possam compreender melhor a realidade marcoense.

Sejam bem-vindos os que aqui chegam pela primeira vez.


publicado por José Carlos Pereira, às 12:45link do post | comentar | ver comentários (5)

O Diário da República publicou ontem a listagem das empreitadas adjudicadas pela Câmara Municipal de Marco de Canaveses em 2008. De Março a Dezembro do ano transacto, foram adjudicadas 14 empreitadas pela autarquia, totalizando mais de um milhão e cem mil euros. A maioria das obras foi entregue a empresas marcoenses.


publicado por José Carlos Pereira, às 00:15link do post | comentar | ver comentários (5)

Avelino Ferreira Torres foi absolvido em primeira instância dos quatros crimes de que foi acusado. Veremos se o Ministério Público interpõe recurso. Esperemos (pacientemente) pelas eventuais consequências do anterior processo em que Avelino foi condenado a três anos de prisão com pena suspensa.

Coutinho Ribeiro já aqui se referiu ao contexto do julgamento e a alguns factos que terão conduzido a este veredicto da primeira instância. Um magistrado amigo questionava-me sobre o que teria corrido mal para que ao fim de um tão longo período de investigação se chegasse a este resultado. Mal instruído o processo? Mal investigado? Testemunhas avessas à verdade? Quanto custou ao Estado este processo?

Deixemos a justiça e voltemo-nos para a política. Sim, porque eu nunca confundi os planos e se Avelino Ferreira Torres foi ontem absolvido dos crimes de que estava acusado, pela primeira instância repito, é chegada a hora de ser condenado politicamente. O cartão vermelho que o tribunal lhe poupou terá que ser exibido pelos marcoenses - como foi pelos nossos vizinhos de Amarante.

As eleições autárquicas conheceram hoje um dado novo: Avelino Ferreira Torres está revigorado para ir à luta e não vai dar tréguas. É bom que todos tenham isto bem presente e não confundam o acessório com o essencial, que é derrotar o populismo e o modo de (des)governar que conduziu a nossa terra ao descalabro financeiro e colocou Marco de Canaveses no anedotário nacional. Como diz o subtítulo deste blogue, quando o essencial está em causa é difícil assobiar para o lado.


26
Mar 09
publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 22:28link do post | comentar

Presumo que, depois de ter pedido pena de prisão efectiva para Avelino Ferreira Torres (AFT), o Ministério Público (MP) vá recorrer da decisão que o absolveu. (E suponho, também, que o Procurador não vai deixar passar em claro a forma como AFT o tratou ao longo do julgamento e em declarações à imprensa).

Em termos políticos, porém, os efeitos práticos do que o MP vai fazer são nulos. Com eleições autárquicas no Outono, AFT pode estar sossegado, porque não haverá decisão definitiva neste processo antes disso. Nem por sombras.

O que fica, para já, é que o homem está absolvido e assim estará quando forem as eleições. Com o outro processo (que o condenou a três anos de prisão com pena suspensa) em viagem entre a Relação do Porto e O Tribunal Constitucional e sem fim à vista, a sombra da justiça deixa de pairar sobre o candidato.

Enganaram-se, pois - e havia muitos - que achavam que o homem não iria conseguir ser candidato porque seria condenado. Daí, talvez, a forma confiante como estavam no terreno.

Notava-se, por outro lado, que havia muitos marcuenses que esperavam com visível impaciência o resultado deste processo para saberem como deviam alinhar-se no terreno eleitoral. Não me espantaria, por isso, que, agora, voltem a aproximar-se do homem.

AFT sabe que é mesmo assim, porque conhece os marcuenses como poucos. Daí que, pelo que li à pressa, à saída do tribunal tenha falado já mais como candidato à Câmara do que como o homem que acabou de ser absolvido.

Repito o que já por várias vezes aqui sublinhei: subestimem o homem e depois queixem-se.

 


publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 21:41link do post | comentar | ver comentários (4)

Parece que muitos são os que ficaram surpreendidos pelo facto de Avelino Ferreira Torres ter sido absolvido. E que ficaram muito indignados com a justiça. Ora, eu nem estou surpreendido, nem clamo contra a justiça. Aliás, se bem se recordam, já aqui tinha previsto como forte esta possibilidade.

Não tendo dotes de adivinhação, cheguei até lá depois de ter falado com algumas pessoas que seguiram o processo. E quando me disseram que a generalidade das principais testemunhas que no Inquérito depuseram contra o AFT estavam a dar o dito por não dito no decorrer do julgamento, concluí que restava pouco. Dificilmente o testemunho de José Faria poderia bastar.

Tal como salientou a presidente do colectivo de juízes - segundo li - as decisões judiciais são determinadas pela prova que se produz - ou não - no julgamento, e não pelo que se diz cá fora ou pelo que as testemunhas disseram no inquérito. O que está no inquérito serve para submeter ou não um arguido a julgamento (excluindo, claro, documentos e provas periciais). Para, depois, o condenar, é preciso que se produza prova durante o julgamento.

Entendeu o tribunal que não tinha sido produzida prova suficiente. Logo, o resultado só podia ser a absolvição. É claro que, muitas vezes, os juízes absolvem sem estarem convencidos da inocência dos arguidos. Só que, quando há dúvidas, elas funcionam sempre a favor de quem está julgado. Não sei se foi esse o caso.

Poderão dizer que nada disto faz sentido. Que não faz sentido que o que as testemunhas dizem no inquérito não sirva para a prova no julgamento. Talvez não faça. Mas, aí, então, o que é preciso é mudar a lei e não clamar contra a justiça.

Resta o assunto dos mentirosos, dos que deram o dito por não dito. Aí, resta a solução de lhes mover um processo por falsidade de testemunho, para avaliar onde mentiram: se no Inquérito, se no julgamento.

 


publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 17:03link do post | comentar | ver comentários (3)

Avelino Ferreira Torres acaba de saber que foi absolvido. Começou a campanha eleitoral a sério.

 

ADENDA: desenvolvimentos aqui. E aqui


publicado por José Carlos Pereira, às 13:00link do post | comentar

O Agrupamento de Escuteiros do Corpo Nacional de Escutas escreveu-nos a comunicar que vai organizar  a tradicional "Via Sacra", encenada ao vivo, no próximo dia 08 de Abril, pelas 21 horas, na urbanização do Barreto. O Agrupamento marcoense estima vir a ter mais de 400 pessoas envolvidas neste evento.


publicado por José Carlos Pereira, às 00:30link do post | comentar | ver comentários (4)

Fechar duas linhas de comboio pela calada da noite, sem comunicar devidamente o facto às populações, não é uma atitude correcta, independentemente das razões de segurança invocadas pelo Governo e pela REFER. É certo que as linhas do Corgo e do Tâmega têm poucos utilizadores e isso não pode deixar de ser levado em conta. Contudo, não podem ser desconsiderados os seus habituais utentes, sobretudo estudantes e pessoas idosas de meios mais afastados.

Carlos Lage, presidente da CCDRN, e Armindo Abreu, presidente da Câmara de Amarante, já vieram exigir a realização das obras necessárias dentro do mais curto prazo de tempo possível. Apesar da linha do Tâmega percorrer duas freguesias do nosso concelho e assegurar a ligação a Amarante, ainda não vi quaisquer declarações de Manuel Moreira sobre o assunto. Todavia, impõe-se que a autarquia marcoense não se esqueça de juntar a sua voz à de Amarante em defesa desta linha ferroviária já centenária.

 

 

tags:

25
Mar 09
publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 22:14link do post | comentar | ver comentários (6)

Nuno Pinto sobre João Monteiro Lima:

 

 «Não sou, nunca fui e quase de certeza nunca serei militante ou simples simpatizante comunista. Pessoalmente, simpatizantes conheço menos de uma mão cheia deles, militantes comunistas a sério conheço apenas um, o João Monteiro Lima (JML). Não se confundam as minhas palavras, pois não pretendo diminuir a relevância ou não de um partido (no caso o PCP), apenas constato de facto esta minha redutora vivência. O JML é um daqueles políticos que incomodam, que dizem que não e propõem alternativas, que não dizem não por dizer. O JML é um comunista ‘atípico’, que não raras vezes aponta discordâncias com o seu partido a nível nacional, isso no PCP é quase considerado uma heresia, a dita ‘ala renovadora’ – não sei se o João gostará desta minha ‘catalogação’. Podemos não comungar sempre das mesmas ideias e ideais, e até podemos estar em lados diversos na política, mas aprendi a reflectir nas suas opiniões e tenho-o como um dos Deputados Municipais que melhor interpreta o papel destinado à oposição.

O João deixou de escrever na blogosfera local por motivos que só a ele dizem respeito. A diversidade na blogosfera marcuense fica mais pobre, mas acima de tudo estão os princípios e esses comungo-os com ele. Por isso tudo e por muito mais que haveria por dizer: João blogs há muitos!»


publicado por José Carlos Pereira, às 08:45link do post | comentar

A Assembleia da Comunidade Urbana do Tâmega reúne no próximo dia 30, em Amarante, para formalizar o fim de linha desta entidade, substituída pela nova Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa. Na ordem de trabalhos da Assembleia estará a aprovação do relatório de actividades e documentos de prestação de contas de 2008, bem como a discussão e votação do relatório de liquidação da Comunidade.


24
Mar 09
publicado por José Carlos Pereira, às 23:25link do post | comentar | ver comentários (3)

aqui demos conta da fundação da Associação Desportiva de Marco de Canaveses - 09, que ainda no passado sábado terá assinado um protocolo com a Câmara Municipal. Os interessados podem ler aqui o documento com a constituição da Associação.


publicado por José Carlos Pereira, às 08:45link do post | comentar

A Assembleia Intermunicipal do Tâmega e Sousa reúne no próximo sábado, dia 28, pelas 10 horas, no salão nobre dos Paços do Concelho de Marco de Canaveses. Entre os pontos da agenda estará a aprovação do regimento da Assembleia, das Grandes Opções do Plano e do Orçamento para 2009, do regulamento interno da CIM e da proposta de designação do secretário executivo da Comunidade. O órgão deliberativo da CIM é composto por 66 membros, em representação dos doze concelhos que integram este espaço subregional.


23
Mar 09
publicado por José Carlos Pereira, às 20:00link do post | comentar

O leitor Augusto Barbosa escreveu-nos a dar conta de que o grupo marcoense da Associação dos Escoteiros de Portugal, que está em formação mas já reúne cerca de trinta membros, deu início às suas actividades com a comemoração do Dia Mundial da Árvore. O grupo tem a sua sede na Junta de Freguesia de Tabuado.


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO