Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
16
Mar 12
publicado por João Monteiro Lima, às 23:55link do post | comentar

Recebemos de Inês de Moura Pinto o seguinte pedido de divulgação que se transcreve:

 

O grupo informal de alunos da Escola Secundária de Marco de Canaveses - FACERE - organizará no próximo dia 22 de Março pelas 14:30h a Conferência "Empreender: Construir o Futuro" no Auditório Prof.ª Emília Monteiro (Marco de Canaveses).

O evento contará com um relevante painel de oradores

 


 


publicado por João Monteiro Lima, às 19:55link do post | comentar | ver comentários (6)

Arcanjo Luís, candidato a Provedor da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia do Marco de Canaveses, enviou-nos a lista dos apresentantes da Lista B à eleição para os órgãos sociais para o triénio 2012-2014

 

Manuel Vieira Soares - Irmão nº 55

 

Manuel Moreira Coutinho - Irmão nº 56

 

Joaquim Alexandre Pereira Machado - Irmão nº 71

 

Joaquim Monteiro de Oliveira - Irmão nº 86

 

Maria Adelina Ribas de Magalhães - Irmão nº 97

 

José da Silva Azevedo - Irmão nº 114

 

Elvira de Oliveira Vales - Irmão nº 125

 

Maria José de Jesus Luís - Irmão nº 126

 

Maria Manuela de Magalhães Barros e Castro - Irmão nº 132

 

Gaspar Carmo dos Reis Guedes - Irmão nº 143

 

José Pinto Ferreira - Irmão nº 183

 

Mimosa de Jesus Pereira Guimarães - Irmão nº 193

 

Manuel António Carvalho de Campos - Irmão 262

 

Jorge Manuel Osório Soares de Carvalho - Irmão nº 265

 

José Fernando Vieira Madureira - Irmão nº 333

 

Joaquim de Azevedo Oliveira - Irmão nº 357

 

Eduardo Fernando Barbosa Moreira dos Reis - Irmão nº 359

 

Maria da Graça Pereira Barbosa - Irmão nº 364

 

Joaquim Alberto da Silva Magalhães - Irmão nº 365

 

Cristina de Fátima Pinto Tomás - Irmão nº 368

 


publicado por João Monteiro Lima, às 17:55link do post | comentar | ver comentários (4)

Na edição em papel do Jornal A Verdade, o militante socialista Rolando Pimenta lança um apelo à participação dos militantes do PS Marco.

Rolando Pimenta avança que as eleições no PS Marco serão em Maio e afirma que “o PS Marco tem de mudar de rumo”.

Pimenta utiliza o termo “sistema monárquico” para descrever a sucessão do Presidente da Comissão Política concelhia.

Rolando Pimenta, que disputou a liderança da concelhia do PS Marco com Artur Melo e Castro, avança “que este processo de indigitação do sucessor nem sequer foi levado à comissão política concelhia do PS Marco”

Rolando Pimenta apela aos militantes para participarem numa reunião de “Reflexão-ação” que decorre esta noite, a partir das 21h 30m na sede do PS Marco.

Vamos esperar para ver o que sairá deste encontro


publicado por João Monteiro Lima, às 00:05link do post | comentar | ver comentários (4)

Recebi do candidato a Provedor, Arcanjo Luís, o manifesto da lista B, candidata aos órgãos sociais da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia do Marco de Canaveses

 

LISTA   B

”  Irmandade solidária “

 

Perante a situação vivida pela Misericórdia, nestes últimos meses, entendeu um conjunto de irmãos, ser oportuno e imperioso, disponibilizarem-se para  assegurar o futuro desta Instituição sem defraudar os objectivos dos seus fundadores. De facto, quer como “Associação Beneficente” quer como “Misericórdia”, sempre esta instituição esteve vocacionada e orientada para estar ao serviço dos cidadãos mais necessitados e desprotegidos e não para servir interesses particulares.

 

A teimosia de alguém em querer assumir o poder, mesmo de forma ilegal, sem ponderar os verdadeiros interesses da Misericórdia, tornou-se mais evidente quando, em Dezembro passado, rejeitou uma solução alternativa apresentada pelo sr. dr. Francisco Oliveira; a relutância perante tal comportamento avivou a necessidade de apresentação desta candidatura com o lema “Irmandade Solidária”

 

Para dar continuidade ao trabalho, generosidade e dedicação de gerações de Marcoenses, constituímos uma equipa abrangente de pessoas, com experiência diversificada na área da saúde, acção social e gestão e contamos também com a colaboração de outras pessoas, de reconhecida competência técnica, que já se prontificaram a dar todo o apoio de que venhamos a necessitar.

 

Contamos com um candidato a “Provedor” que, após o 25 de Abril, teve uma acção relevante no processo que manteve o hospital sob controle da Misericórdia e contribuiu também para a obtenção de outros importantes apoios, através da doação de equipamentos diversos; desde início dos anos 80, fez parte da Mesa da Assembleia Geral sendo seu presidente nos últimos mandatos. Com a ajuda dos restantes mesários estão reunidas as condições para acompanhar permanentemente a actividade global da Misericórdia. Todos os corpos gerentes são compostos por pessoas de reconhecida competência técnica, experiência e idoneidade para  desempenharem as funções a que se candidatam e bem gerir os destinos da Misericórdia.

 

Quanto ao futuro, e sem querer fazer demasiadas promessas, como irmãos, estamos determinados para “ defender e proteger a Irmandade, em todas as eventualidades… e para colaborar no progresso e desenvolvimento da Instituição de modo a prestigiá-la e a torná-la cada vez mais respeitada, eficiente e útil perante a colectividade em que está inserida” (artº 10º do Compromisso), promovendo também a colaboração e o melhor entendimento com as autoridades e populações locais (artº 3º nº 1).

 

A Misericórdia goza duma situação financeira estável e com uma liderança de proximidade será possível realizar uma melhor gestão, com maior dinamismo, rigor e isenção  e, simultaneamente, assegurar a sua sustentabilidade futura.

ASSIM,

a)      daremos especial atenção à melhoria contínua da qualidade da prestação de cuidados de saúde, ouvindo e aproveitando as competências e experiência de todos os colaboradores;

b)      faremos incidir fortemente a nossa acção na área dos cuidados de saúde primários procurando constituir uma Unidade de Saúde Familiar (USF-tipo C)  com função supletiva dos serviços oficiais já existentes e um serviço de apoio domiciliário (SAD), levando  ajuda a casa daqueles que mais dela necessitem;

c)       reforçaremos a capacidade de alojamento no internamento hospitalar, no lar e nos cuidados continuados;

d)      não deixaremos de procurar condições de formação e valorização profissional dos colaboradores da Instituição contribuindo assim para assegurar uma melhor qualidade dos serviços prestados,  garantir  estabilidade de emprego e, na medida do possível, criar novos postos de trabalho;

e)      manteremos uma colaboração activa com as entidades que têm serviços concessionados (hemodiálise, fisioterapia e jardim infantil);

f)       perante a adversidade dos tempos em que vivemos estaremos atentos e não deixaremos de desenvolver, colaborar e apoiar  acções que contribuam para a melhoria das condições de vida dos mais necessitados e desamparados. 

 

O voto é secreto. Confiamos que os irmãos, usando a sua liberdade, optem por uma Misericórdia mais sensível aos problemas dos cidadãos Marcoenses mais vulneráveis e com carências mais acentuadas.

 

Votar na lista “Irmandade Solidária” é mais que uma simples escolha; é uma afirmação de que os Irmãos da Misericórdia se assumem como pessoas livres e solidárias.


publicado por João Monteiro Lima, às 00:02link do post | comentar | ver comentários (2)

Recebi de Luísa Bento, o manifetso da lista A, candidata aos órgãos sociais da Santa Casa da Misericórdia do Marco

 

UM NOVO CICLO NA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DO MARCO DE CANAVESES”

Uma Instituição de Valores

 

“Um novo ciclo na Santa Casa da Misericórdia do Marco de Canaveses” é o lema que apresenta a LISTA A, onde me proponho como candidata ao cargo de Provedora, em processo eleitoral que irá ocorrer dia 17 de Março de 2012.

 

As atividades que desempenho desde há mais de 3 décadas, como professora de Medicina, nas áreas da saúde, educação, gestão, desenvolvimento de recursos humanos, formação na educação para a saúde e capacidade de estabelecimento de redes de conhecimento e de intervenção na comunidade, permitem-me identificar as áreas prioritárias desta Misericórdia. Desde 1995, tenho acompanhado a evolução da instituição e avaliado a potencialidade do seu desenvolvimento. Este perfil profissional aliado a personalidade pautada pelo rigor e exigência baseada em princípios de sólida humanização, além da vontade expressa de cumprir um dever de cidadania nesta candidatura, demonstram inequivocamente que cumpro com os requisitos para assumir o cargo de Provedora da Santa Casa da MMC.

 

Aceitei o desafio de ocupar um lugar de liderança nesta lista, no cumprimento de um dever de responsabilidade social e de cidadania. Contudo, isto só é possível se acompanhada por um conjunto de Irmãos e Irmãs competentes em áreas profissionais de reconhecido interesse e com conhecimento da instituição, da cidade e do concelho, que sirvam de agentes ativos nos programas a implementar. Assim surge a LISTA A, da qual generosamente todos os membros acederam fazer parte. E fazer parte deste desafio. Todos têm um compromisso com a instituição e a aceitação deste desafio é um dever de cidadania que cumprem.

 

Esta candidatura e o programa desta lista mantém-se estruturado desde a sua apresentação ao processo eleitoral, que deveria ter ocorrido a 15 de Novembro de 2011. Este interregno serviu para criar consensos, reforçar ideias, construir a linha orientadora de intervenção daqueles que acreditam num PROJETO DE VALORES (Honestidade, Verdade, Integridade, Diligência, Competência, Justiça e Responsabilidade Social), para a Instituição que é a Santa Casa da MMC.

 

As Pessoas fazem a diferença e as pessoas que integram esta lista vão fazer a diferença positiva na sociedade e na vida das pessoas do Marco de Canaveses.

 

No respeito aos princípios do Compromisso da MMC, a Lista A apresenta os Objetivos a que se propõe na candidatura aos corpos sociais:

 

  1. Redefinir a estratégia da instituição, na atual e futura conjuntura económica e social
  2. Apoiar e reforçar o papel da comunidade religiosa nas atividades da MMC
  3. Incentivar a cooperação com os órgãos da tutela
  4. Reforçar a cooperação com os centros de saúde do concelho
  5. Assegurar os postos de trabalho.
  1. Promover a participação informada dos irmãos
  2. Reforçar a área de intervenção social
  3. Melhorar a interação com a comunidade
  4. Promover a excelência na prestação de cuidados assistenciais
  1. Qualificar os recursos humanos
  2. Otimizar os recursos materiais e financeiros
  3. Incentivar o mecenato e identificar outras fontes de financiamento

 

O empenho, a disponibilidade, a competência técnica e os princípios éticos dos candidatos da Lista A, garantem que é possível construir uma melhor Misericórdia, uma instituição de VALORES, atenta aos problemas sociais e de saúde do Marco de Canaveses.

 

Partilhem connosco este objetivo através do vosso apoio na votação à LISTA A, dia 17 de Março de 2012, que mudará o rumo da Misericórdia do Marco de Canaveses.

 

 

12 de Março de 2012

 

Professora Doutora Maria Amélia Ferreira


15
Mar 12
publicado por João Monteiro Lima, às 17:45link do post | comentar

Deixo agora aos leitores os nomes dos candidatos da Lista B aos órgãos sociais da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia do Marco de Canaveses para o triénio 2012-2014

 

Assembleia-Geral

 

Presidente - Joaquim Teixeira Monteiro da Rocha

                    Alberto Monteiro de Araújo

                    Helena Lucrécia Silvestre Moreira da Costa Ferreira

                    António de Sousa e Silva

 

Suplentes    Manuel António dos Santos Almeida

                    Cláudia Maria Pereira Barbosa Madureira

                    António José Vieira Guimarães

 

Mesa Administrativa

 

Provedor - Arcanjo Nunes Luís

                  Dagoberto Marílio Monteiro de Moura

                  Maria de Fátima dos Santos Cunha Reis

                  Fernando Pereira Ricardo

                  Domingos (Neves) Manuel Soares Dias

 

Suplentes  Anastácia Maria Carvalho Martins de Campos

                  Manuel de Oliveira Sousa Vales

                  Ana Maria Rosas Santos Costa Maia

 

Conselho Fiscal

 

Presidente - Artur Manuel Caminha de Barros e Castro

                    Ivone Raquel Castro da Mota Sousa Castro

                    César Baltazar Pereira Fernandes

 

Suplentes     Rosa Fernanda Pinheiro da Costa

                    Arnaldo António de Sousa Magalhães

                    José Monteiro de Oliveira

 

 

 


publicado por João Monteiro Lima, às 17:40link do post | comentar

Eis os nomes que compõe a Lista A aos órgaos sociais da Irmandade da Santa casa da Misericórida do Marco de Canaveses para o triénio 2012-2014

 

 

 

ASSEMBLEIA GERAL

 

PRESIDENTE - José Manuel Carneiro Marques

                       António Francisco de Barros Moreira

                       João Fernando Sousa Ferreira

                       Maria Filomena Teixeira Mota Sousa Estrela

 

SUPLENTES    Tomás de Aquino Barros Alves

                      Serafim Fernandes Esquerdo

                      Carlos Augusto de Sousa Giraldez

 

 

MESA ADMINISTRATIVA

 

PROVEDOR -  Maria Amélia Duarte Ferreira

                      Ana Maria Carneiro Marques

                      José Mouro Pinto

                      Maria Helena Simões de Sousa e Sousa

                      Maria Eulália Pereira Teixeira Magalhães

 

SUPLENTES    Maria Luísa Gonçalves Carneiro Giraldes

                      António Alves Magalhães

                      Jorge Francisco Vieira

 

CONSELHO FISCAL

 

PRESIDENTE - Bento de Fátima Miranda Marinho

                       Luisa Maria Monteiro Bento

                       Daniel da Silva Macedo

 

SUPLENTES     Fernando Baldaia Teixeira de Queirós

                       Lucinda Nogueira Carneiro Geraldes

                       António Monteiro dos Reis


publicado por João Monteiro Lima, às 17:35link do post | comentar

No próximo Sábado, a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia do Marco de Canaveses, vai a votos.

A lista A é liderada por Maria Amélia Duarte Ferreira, professora catedrática na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

A lista B pretende eleger o marcoense Arcanjo Nunes Luís, ex-deputado e ex-bancário e actual Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, como Provedor.

Sendo marcoense não posso de deixar de estar atento ao próximo acto eleitoral e ao futuro desta Instituição. Não votando por não ser "Irmão", não deixo de ter a minha opinião sobre a Instituição e a forma como a mesma foi gerida até aqui, pelo que continuarei atento aos destinos da Misericórdia marcoense.

Deixo aos leitores do Marco2009, em próximos posts, os nomes que compõe ambas as listas

 


publicado por João Monteiro Lima, às 12:55link do post | comentar

Recebemos do Presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Centro Desportivo de Favões o seguinte pedido de divulgação que se transcreve:

 

Informação publica aos Associados

 

Nos termos e para os efeitos do disposto no Regulamento Interno vigente no Centro Desportivo de Favões – CDF, informam-se os digníssimos Associados; Em reunião de Assembleia Geral ocorrida a 13 de Janeiro de 2012, pelas 21h30, na Sede Social, foi deliberado que o CDF procederá à renumeração do ficheiro de sócios até 30 de Abril do corrente ano.

Para isso os Associados com cotas em atraso e que pretendam continuar a ser sócios devem dirigir-se à secretaria desta Associação nos dias e horas indicados em edital para regularizarem a sua situação. Serão cobradas as cotas referentes aos dois últimos anos em divida. Mais se informa que todo o Associado que a 01 de Abril de 2012 não tiver a sua situação regularizada para com o CDF, perderá automaticamente a sua condição de sócio sendo o número de associado preenchido por outro sócio em pleno gozo dos seus direitos.

Serão sempre reservados os 50 primeiros números de sócio.

 

Sem mais de momento,

Com os melhores cumprimentos,

Saudações Desportivas

 

O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral

 

 

Emanuel Moreira


14
Mar 12
publicado por João Monteiro Lima, às 12:55link do post | comentar | ver comentários (2)

O JN de hoje traz de novo à discussão a questão da suspensão do PDM em Rio de Galinhas.

É certo que a notícia pouco ou nada traz de novo, a não ser que, afinal sempre se confirma o que por cá escrevi em tempos, os pedidos de suspensão do PDM sempre são mais que um.

Soube que houve quem tivesse ficado muito agastado com o facto de ter escrito que esta excepção (“o pedido de suspensão do PDM”) está a virar regra no Marco. Escrevi algo do género na altura e, repeti-lo-ei em todos os casos semelhantes. Em todos.

Assim fica o aviso às tropas, de um lado e de outro, que seja quem for o “beneficiado” com este género de “suspensões”, eu cá estarei para criticar a forma como se “finta” o problema da falta da conclusão da revisão do PDM


11
Mar 12
publicado por João Monteiro Lima, às 17:55link do post | comentar

Deixo aos leitores os resultados das equipas marcoenses

 

Sra Hora 2 - 1 AD Marco 09

 

Livração 0 - 2 Perafita

 

Alpendurada 0 - 0 Sousense

 

Os Lusitanos 2 - 0 Vila Boa de Quires

 

Soalhães 1 -  0 Desportivo de Portugal

 

Pedroso 3 - 0 Paços de Gaiolo

tags:

09
Mar 12
publicado por João Monteiro Lima, às 00:05link do post | comentar

Recebemos de Joaquim José Baldaia a seguinte nota de imprensa da Comissão Concelhia do PCP do Marco de Canaveses:

 

Nota de imprensa CDU promoveu sessão de esclarecimento sobre água e saneamento em Santo Isidoro

 

Cerca de 40 pessoas estiveram presentes, no dia 25 de Fevereiro, na iniciativa promovida pela CDU e dedicada ao tema: “A água é de todos e não um negócio de alguns!” na Escola EB1 de Santo Isidoro no Marco de Canaveses, a sessão foi presidida pelo Vice Presidente da “Associação Água Pública Francisco Teixeira, pelos eleitos da CDU na Assembleia de Freguesia de Santo Isidoro, Jorge Baldaia e Rita Lopes e pelos membros da Comissão Concelhia do Marco de Canaveses do PCP, Paulo Macieira e Sofia Carvalho.

Francisco Teixeira assinalou os perigos das políticas privatizadoras que vigoram actualmente em Portugal sublinhando a importância da água enquanto serviço fundamental e necessário à vida humana, que não pode estar sujeito às regras do lucro e das negociatas financeiras. Os eleitos da Freguesia Santo Isidoro relembraram a história dos anos seguintes ao 25 de Abril em que o povo da freguesia deitou mãos à obra e construiu o seu subsistema de agua ao domicilio (na altura Junta CDU), o mesmo que hoje a Junta explora de forma precária, votando ao abandono as infra-estruturas com total despreocupação em alargar a cobertura do serviço.

No decurso da iniciativa foram registadas várias queixas dos moradores ao nível da falta de saneamento básico, como a existência de autênticos esgotos a céu aberto, causadores da poluição do lençol freático e assim dos furos de água. Também nesta sessão, foi passado um filme da disfuncional mini ETAR, instalada na freguesia de Vila Caiz, Amarante, comprovativo que a referida ETAR não está a funcionar, despejando a céu aberto as águas residuais sem qualquer tratamento, no ribeiro de Alvim, onde a escassos centenas de metros é captada a água que serve a freguesia de Santo Isidoro, demonstrando a irresponsabilidade de alguns autarcas do Concelho vizinho de Amarante e a falta de respeito por quem mora em Santo Isidoro.

Segundo o público presente a mini ETAR - construída em 2009 - passou a constituir uma fonte permanente de maus cheiros e a água do Ribeiro para onde são feitas as descargas, usado colectivamente para rega dos campos pelos agricultores locais, passou a estar permanentemente poluída, inquietando os moradores de Santo Isidoro, uma vez que a Junta de Freguesia não tem divulgado o resultado das análises da água que abastece a rede ao domicilio.

Neste contexto, a CDU vai expor e exigir às autoridades governamentais e autárquicas de Amarante e do Marco de Canaveses que tomem, de facto, o pulso à situação e imponham "uma solução alternativa e com qualidade, à empresa Águas de Amarante e Águas do Marco, pugnando pela defesa da água pública”. Importa ainda a fixação de um calendário para o encerramento definitivo desta pseudo-ETAR de Vila Caiz e até lá que a mesma desempenhe as funções para as quais foi construída, ou seja o tratamento das águas residuais e que seja feita uma análise à qualidade da água que é captada no ribeiro.

 

Marco de Canaveses, 6 de Março de 2012

 

A Comissão Concelhia do Marco de Canaveses do PCP


08
Mar 12
publicado por João Monteiro Lima, às 17:55link do post | comentar

Recebemos do Centro Desportivo de Favões o seguinte pedido de diculgação que se transcreve:

 

Sara Wallace, guarda redes Campeã Nacional de futsal feminino pelo FC Vermoim, reforça a estrutura tecnica da formação do Centro Desportivo de Favões – CDF, fruto do gosto imenso pela modalidade e pela amizade para com Emanuel Moreira, responsavel desportivo do CDF.

"É um enorme prazer poder ajudar à evolução quantitativa e qualitativa das guarda redes do CDF e consequentemente do grupo em geral, sendo certo que tudo quanto estiver ao meu alcance farei em prol do mesmo, pois desse modo estarei eu propria a evoluir enquanto atleta. É uma experiencia singular, algo que perspetivo para o meu futuro e em conversa com o Emanuel, surgiu a oportunidade que abracei com imensa vontade pois estarei ajudar ao mesmo tempo que evoluo. Encontrei um grupo excelente, com pessoas dedicadas, muito ambiciosas e com boa margem de progressão, uma estrutura em crescendo com valor para triunfar num futuro próximo fruto do trabalho desenvolvido...", declarações da Sara após o primeiro treino onde orientou os trabalhos específicos das guarda redes Catia e Carina.

Para Emanuel Moreira, “a possibilidade deste maravilhoso grupo poder contar com tão prestigiante reforço é uma grandiosa mais valia pois a experiência da Sara é imensa fruto dos anos de competição e títulos alcançados, motivos de sobra para nos sentirmos orgulhosos e motivados a não deixar esvaecer o trabalho já desenvolvido, perspetivando um futuro de crescendo sustentado. A Sara dirigirá os trabalhos específicos das nossas guarda redes sempre que lhe for possível comparecer aos nossos treinos, possibilitando desse modo mais uma singular experiência da nossa vivência desportiva.

Outras experiências enriquecedoras estão em estudo as quais esperamos colocar em pratica a curto prazo.” Deste modo e seguindo as varias ações de promoção do futsal feminino já realizadas pelo CDF, esperam-se no futuro novos desenvolvimentos que serão sem duvida marcantes para esta geração de atletas que compõe a formação feminina de futsal em Favões


06
Mar 12
publicado por João Monteiro Lima, às 17:55link do post | comentar | ver comentários (4)

Na Av Francisco Sá Carneiro, junto ao acesso à Rua Adelino Principe, iniciaram-se umas obras que tudo indicam serem as obras de requalificação urbana da cidade.

Recordo aquele troço é o primeiro a ser intervencionado, pelo que andarei muito longe da verdade se afirmar que as obras de requalificação da cidade já arrancaram

Também o início das obras estava agendado para Março/ Abril e estima-se que num ano a obra esteja concluída


04
Mar 12
publicado por João Monteiro Lima, às 21:55link do post | comentar

Deixo aos leitores os resultados das equipas marcoenses que disputam os diversos campeonatos de futebol

 

AD Marco 3 - 0 At Rio Tinto

 

Rebordosa 3 - 0 Alpendurada

 

Maia Lidador 3 - 0 Livração

 

Vila Boa de Quires 1 - 0 Cristelo

 

Paços de Gaiolo 1 - 2 Abragonense

 

Sp Cruz 5 - 1 Soalhães

tags:

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO