Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
25
Nov 09
publicado por José Carlos Pereira, às 08:45link do post | comentar

Tomou posse ontem à noite a Comissão Municipal de Toponímia de Marco de Canaveses, depois da respectiva nomeação na primeira reunião do novo executivo. Perante o presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira, as vereadoras Gorete Monteiro e Carla Babo, vários deputados municipais e presidentes de Juntas de Freguesia, foram empossadas as sete personalidades designadas para este órgão consultivo da Câmara Municipal.

Integram a Comissão Emília Marques Oliveira, professora aposentada do 1º ciclo de Várzea do Douro e candidata suplente à Câmara pelo PSD nas últimas autárquicas, Hernâni Pinto, empresário e ex-presidente da Junta de Freguesia de Rio de Galinhas eleito pelo PS, Joaquim Ferreira Santana, quadro aposentado da Direcção-Geral dos Impostos, natural de Vila Boa de Quires e candidato à Câmara pela coligação PSD/PS em 1983, Lino Tavares Dias, doutorado em Arqueologia e director da Área Arqueológica do Freixo, Manuel Soares Barbosa, quadro superior aposentado da EDP, Maria da Conceição Leite Pinto, professora de História de Vila Boa do Bispo a leccionar em Alpendorada, e eu próprio.

A Comissão Municipal de Toponímia reuniu logo após a tomada de posse, designando Lino Tavares Dias como presidente e Maria da Conceição Leite Pinto como secretária. A primeira sessão plenária ocorrerá no início de Dezembro.


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO