Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
02
Abr 10
publicado por José Carlos Pereira, às 00:10link do post | comentar

O  leitor Filipe Babo, membro da Comissão Política Concelhia do PS/Marco e apoiante do candidato Rolando Pimenta, enviou-nos para publicação um texto com a sua análise sobre o decurso da campanha interna no PS marcoense:

 

"Tal como o algodão que não engana…

 

É com grande desagrado que vejo os nossos antepassados darem voltas ao túmulo devido a determinados mortais que não querem acordar para a realidade contemporânea. Ora, quando se usa com convicção o termo “bases”, entende-se nesse contexto, para além de outros significados que tem este vocábulo, a parte de uma construção que se firma imediatamente no solo. Assim, rapidamente se verifica nas fotografias que estão ao dispor no sítio electrónico http://marcoecidadania.blogspot.com, relativa à apresentação da candidatura de Rolando Pimenta, que se encontravam presentes os anteriores líderes concelhios e os militantes mais antigos e fundadores do PS Marco. Tal como o algodão que não engana, as fotos também não!

Artur Melo afirmou, e bem, que a candidatura de Rolando Pimenta “é uma coligação negativa”(1) contra a sua pessoa e contra o “projecto”(?) desenvolvido nestes últimos quatro anos. Efectivamente e em bom rigor assiste-lhe toda a razão, pois de facto o projecto de Rolando Pimenta é um projecto ganhador e não faz pretensão de fazer parte da história do PSMarco pelas piores razões, pois nesta categoria encontram-se com os piores resultados de sempre, para as eleições autárquicas: Armando Teixeira com 12,3% dos votos; e Artur Melo com 12,8% dos votos. Tal como o algodão não engana os resultados obtidos também não!  

(1) Nota: Artur Melo ao considerar que os esforços de Rolando Pimenta, no sentido de congregar as várias sensibilidades existentes no PSMarco são uma “coligação negativa”, denota claramente que não admite o conceito de unidade na diversidade de opiniões defendido pela candidatura de Rolando Pimenta. É que unidade é um conceito antagónico de unicidade!

 

Cordialmente, Filipe Massa Babo

Marco de Canaveses"


Hmmm... Está a correr mal... Tanto ressabiamento e só agora começaram a tentar arranjar elementos para a lista...
Alvaro a 2 de Abril de 2010 às 01:10

Afinal ambos confundem o conceito de "unidade" e "unicidade".
Os militantes que lhes perdoem!

António Moreira
António Moreira a 2 de Abril de 2010 às 11:48

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO