Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
06
Abr 10
publicado por José Carlos Pereira, às 12:45link do post | comentar

O vereador socialista Artur Melo explicou na última edição do jornal “A Verdade” quais foram as razões para voltar atrás com a sua palavra e decidir recandidatar-se à presidência da Comissão Política Concelhia do PS/Marco, em eleições que decorrem no próximo dia 17 de Abril. Segundo Artur Melo, um “grupo de militantes que não estavam satisfeitos com o rumo que o partido podia tomar, com o vazio e com o possível risco de uma lista única, uniram-se e manifestaram a intenção para que eu voltasse”.

Melo considera a candidatura de Rolando Pimenta um “perigo grave”, já que “é uma coligação negativa contra a minha pessoa e contra o projecto desenvolvido nestes quatro anos e não uma alternativa para o concelho”. Melo diz que é o “único candidato capaz de unir o partido. Como se viu tenho o apoio das bases e até o outro candidato me tinha convidado para a comissão de honra. Apesar de achar o convite irónico fiquei sensibilizado porque os dois lados me vêem como capaz”.

Razões e auto-avaliações para analisar nos próximos dias.


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO