Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
05
Mai 10
publicado por José Carlos Pereira, às 00:45link do post | comentar

Em entrevista concedida ao "Jornal de Notícias" de ontem, o actual líder distrital do PS/Porto e candidato a novo mandato, Renato Sampaio, comentou o facto de José Luís Carneiro, seu adversário na luta pela Federação Distrital socialista, alegadamente ter admitido a possibilidade de coligações autárquicas com o CDS em municípios como a Póvoa de Varzim, onde o PSD governa há muito em maioria.

Sampaio disse: "Nunca defenderei coligações à Direita, são antinatura. Devemos ser o partido que lidera a Esquerda".

Não li as declarações de José Luís Carneiro, nem as suas justificações. Mas é extraordinário ver Renato Sampaio fazer estas declarações, conhecendo o que tentou fazer nas últimas autárquicas em Marco de Canaveses. Recorde-se que Sampaio queria que o candidato do PS à presidência da Câmara fosse o anterior candidato do CDS e ex-vice-presidente de Avelino Ferreira Torres.

Isso é que é liderar à Esquerda? É preciso ter lata!


Caro José Carlos,

Subscrevo, sem quaisquer reservas, tudo o que foi dito, nessa entrevista do JN, pelo Camarada Renato Sampaio, actual líder da Federação Distrital do PS do Porto.
Relativamente à “posição” da Federação Distrital sobre o candidato ideal para as eleições autárquicas de 2009 em Marco de Canaveses, em boa verdade, o que efectivamente se passou não é de facto o que se consta “à boca cheia”. Porquanto, não é o momento nem serei a pessoa certa para repor a verdade. Contudo, espero, que a verdade “venha à tona” tal como azeite. Pois já Fernando Pessoa dizia que “a mentira não tem ninho… tudo é verdade e caminho…”.

Cordialmente,

Filipe Massa Babo
Marco de Canaveses
Filipe Massa Babo a 5 de Maio de 2010 às 16:44

Caro Filipe, sei de algumas coisas, mas admito que não saberei tudo sobre esse processo pré-autárquico. Um dia se conhecerá tudo.
Relativamente ao Marco, as minhas razões de queixa quanto a Renato Sampaio começaram com o seu comportamento face à retirada da confiança política a Luís Almeida por parte de Artur Melo. Nomeadamente o que ele disse em privado e não disse em público, o que ele se comprometeu a fazer e não fez, as respostas que não me deu quando o interpelei por escrito.

Vamos ver o que o futuro nos reserva... Espero que tudo se esclareça.
Quanto às questiúnculas sobre a retirada da confiança política ao Camarada Luís Almeida, pois pouco ou quase nada sei...

Abraço

Então, quem será a pessoa ideal? O que é que "se consta" e não é verdade? Haverá alguma desculpa para o comportamento de Renato Sampaio? E quando é que o senhor Filipe Babo admite que era a favor de Norberto Soares? Há que ser homem...
Alvaro a 5 de Maio de 2010 às 19:55

Caro Senhor,

Antes de tudo, para se ser Homem tem que se ter um nome, dar a cara e não ter MEDO! Relativamente à minha posição sobre essa hipotética candidatura em sede própria abstive-me. Quanto à pessoa ideal, não seria com certeza o anterior candidato, pois como se viu pelos resultados: “ o algodão que não engana”.



Escudando-se em chavões, continuamos sem saber nada... Palavras, palavras e verdade, nada... Homem é quem se assume
Alvaro a 6 de Maio de 2010 às 19:41

"Homem é quem se assume" tal e qual!

Bem observado Dr.José Carlos.Bem diz o ditado"olhai para o que eu digo, não olheis para o que eu faço".Toda a gente sabe, ou se não sabe é porque não quer, que o cozinhado da candidatura do 2º. do TORRES pelo PS, foi feito algures num café no Porto com responsáveis do PS Porto e do Marco,incluindo a Cristina Vieira.
marcoense a 6 de Maio de 2010 às 17:52

Um dia saber-se-á todos os pormenores.

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO