Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
20
Mai 10
publicado por José Carlos Pereira, às 19:00link do post | comentar

Virgílio Costa, ex-dirigente do PS/Marco e líder da bancada desse partido na Assembleia Municipal durante grande parte do anterior mandato, escreveu-nos um texto em que interpela a Câmara Municipal sobre a cobrança da taxa de recolha de resíduos sólidos:

 

"A Câmara Municipal do Marco de Canaveses está a mandar aos seus munícipes contas da taxa de recolha de resíduos sólidos de 2009 e outros anos atrasados.

Até aí acho muito bem que todos devem pagar este serviço, mas o mais caricato é que aparecem contas de anos anteriores que os utentes dizem terem pago nas juntas de freguesia.

Ao ser verdade este cenário de estarem a ser debitadas contas já pagas nas juntas de freguesia, que responsabilidade e que controle há, para isto estar a acontecer?

Como vai o executivo camarário resolver tantas reclamações?

 

Virgílio Costa"


Também fui um dos contemplados com o aviso dos serviços da nossa autarquia sobre o assunto. Fiquei surpreendido porque a autarquia reclama verbas referentes aos anos de 2009, 2008 e 2004. Acreditem que li bem, 2004.
Deduzo que paguei 2005, 2006 e 2007 e que os zelosos funcionários, ou não encontraram prova de pagamento referente ao ano de 2004 ou efectivamente não efectuei o pagamento. Que garantias tenho que não irei ser convidado a pagar a taxa referente ao ano de 2000?
Este procedimento tem fundamento legal, isto é, ser notificado para pagar um serviço que os serviços da autarquia deveriam ter reclamado no ano de 2005, ou não será assim?
Porquê agora?

antonio ferreira a 20 de Maio de 2010 às 19:41

Quem não deve... não teme!
O Sr. Vírgílio sabe que quando se paga uma factura devemos exigir o recibo.
Ainda estão a tempo de o pedir.

António Moreira
António Moreira a 20 de Maio de 2010 às 23:26

Sr António Moreira, é verdade que temos o dever e a obrigação de exigir recibo/factura... Agora guardar todos os recibos durante seis anos de todos os pagamentos que faço ... é dose não? Conhece alguém que o faça? eu guardo, apenas o que pode contribuir em benefícios fiscais.
mas por acaso tenho o recebi de 2008, o ultimo que paguei.
Cartoonista VilaBonense a 21 de Maio de 2010 às 23:54

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO