Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
23
Jun 10
publicado por José Carlos Pereira, às 00:15link do post | comentar

Anos 10

 

Poucos dias depois da implantação da República, mais precisamente em 10 de Outubro de 1910, é empossada a Comissão Administrativa Republicana Provisória, presidida pelo Dr. Adriano António Crispiniano da Fonseca.

Há um apelo aos princípios liberais e a Praça do Marco passa a chamar-se Praça da República, logo em 17 de Outubro.

A I Guerra Mundial traz consigo a crise agrícola. A conjuntura de escassez e os problemas económicos persistem após o fim da Guerra.

Em 1914 está no centro do debate a adjudicação de iluminação pública.

Em 1919, com a ascensão de Sidónio Pais, a Comissão Administrativa é simpatizante desta corrente, registando-se uma grande agitação entre monárquicos e republicanos em Marco de Canaveses.


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO