Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
21
Jul 10
publicado por José Carlos Pereira, às 00:15link do post | comentar

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, entidade gestora do ON.2 – Programa Operacional Regional do Norte, acaba de actualizar a informação sobre os projectos aprovados até meados do corrente mês.

Entre esses projectos interessam-nos particularmente aqueles que beneficiam o nosso concelho, seja de forma isolada ou em conjunto com outros municípios vizinhos.

Assim, merece particular destaque a aprovação dos Centros Escolares de Vila Boa do Bispo e de Fornos. O primeiro tem um incentivo de 973.424 euros para um investimento elegível de 1.390.605 euros e o segundo tem um subsídio de 1.247.652 euros para um investimento elegível de 1.782.360 euros. Estes dois projectos vêm juntar-se aos já aprovados para Soalhães, Sande e Banho e Carvalhosa.

No âmbito da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, foi aprovado o projecto “Acções imateriais para prevenção e gestão de riscos materiais e tecnológicos nos municípios do Tâmega”, com um incentivo de 1.688.635 euros para um investimento de 2.412.336 euros.

Já a Associação de Municípios do Baixo Tâmega viu serem aprovados os projectos “O Património Natural como Factor de Desenvolvimento e Competitividade”, com um apoio de 183.012 euros, e “O Património Cultural como factor de desenvolvimento e competitividade territoriais no Baixo Tâmega”, com um subsídio de 132.710 euros.

A listagem de projectos aprovados pelo ON.2 pode ser consultada aqui, permitindo verificar quais têm sido as diferentes opções dos municípios e entidades da região.


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO