Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
22
Jul 10
publicado por José Carlos Pereira, às 08:45link do post

A leitura das actas da Câmara Municipal de Marco de Canaveses é um manancial de novidades e de motivos para reflexão. Ao ler a acta da sessão ordinária de 9 de Junho passado, não pude deixar de atender a duas situações muito curiosas.

A primeira está relacionada com o facto do vereador Avelino Ferreira Torres ter questionado a maioria, presume-se que de forma determinada e exigente, sobre a aplicação de medidas de austeridade por parte da Câmara e a elaboração de um plano de contenção de despesas. Ai se o ridículo matasse...

A segunda situação decorre dos vereadores Avelino Ferreira Torres e Artur Melo terem votado contra os protocolos com os bares da cidade no âmbito do Festival de Montedeiras. Melo votou também contra o protocolo com a Associação das Colectividades para a realização do mesmo evento.

Ao lado das questões formais, o vereador socialista, na sua declaração de voto, defende que o Festival devia "reflectir outras preocupações, como actividades de sensibilização para o uso e prevenção das drogas, colóquios com temas de interesse para os jovens e então à noite finalizar com o espectáculo propriamente dito".

Já estou mesmo a imaginar os jovens marcoenses e forasteiros a passarem a tarde em colóquios e conferências sobre o consumo de tabaco e bebidas alcoólicas, o uso de preservativo, a educação, o desemprego e saídas profissionais, à espera que as bandas comecem a tocar...


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO