Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
31
Jul 10
publicado por José Carlos Pereira, às 00:15link do post | comentar

Termina hoje, ao fim de dezanove meses, a minha participação neste blogue. O Marco 2009 nasceu em casa de amigos em 01 de Janeiro de 2009 e foi pensado sobretudo para intervir num ano em que as eleições autárquicas se anteviam muito animadas e decisivas para o futuro próximo dos marcoenses. A mim e ao Coutinho Ribeiro juntaram-se mais tarde o João Monteiro Lima e o António Santana.

Foi com enorme satisfação que constatei que este blogue se tornou um espaço lido e visitado por muitas pessoas e levado em conta por todos os quadrantes políticos e sociais, inclusivamente de fora do concelho. Penso que fomos sempre dignos dessa atenção e essa foi uma das razões que levaram o Marco 2009 a sobreviver ao ano que lhe deu nome e a manter-se vivo e atractivo. Encerra o mês de Julho de 2010 com quase 190.000 visitas (média de 10.000/mês) e cerca de 470.000 page views (24.700/ mês).

Desta experiência levo um único lamento: o facto de tantos e tantos bloggers e comentadores preferirem refugiar-se no anonimato para enunciar as suas posições e lançar atoardas sobre terceiros. Será que essa é ainda uma herança dos vinte anos de governação autocrática que vivemos?

Considero que chegou a hora indicada para terminar este “compromisso”, interrompendo assim um ciclo de nove anos de intervenção activa na vida pública marcoense. Foram oito anos como deputado municipal, uma colaboração regular no jornal “Notícias do Marco” entre 2002 e 2004 e a participação no blogue Marco 2009 desde Janeiro do ano passado.

Semelhante envolvimento só tinha acontecido na minha juventude, entre 1980 e 1986, quando intervim na vida partidária, no associativismo estudantil, nos órgãos de gestão da escola secundária, no Conselho Municipal e em todos os jornais locais: “Voz Marcoense”, primeiros dois ou três números de “A Verdade”, “Opinião Marcoense” e “Terra Marcoense”.

Naturalmente, nunca se vira as costas à terra que nos viu nascer, pelo que continuarei atento e interessado, passando sempre por aqui, pelo Marco 2009. Os amigos que continuam esta “empreitada” são merecedores do meu aplauso e incentivo.

Quem quiser saber o que vou escrevendo e fazendo, pode acompanhar-me no blogue Incursões, em que participo desde Dezembro de 2004, e nas redes sociais Facebook e LinkedIn.

Um abraço a todos os leitores

tags:

Rui Cunha enviou a seguinte mensagem:
"Caro Zé Carlos,
Antes de mais, peço-te que interpretes o conteúdo deste mail sem qualquer influência pela nossa amizade que é grande e longa.
Quero neste momento em que terminas a participação no Marco 2009 dizer-te que muito tens contribuído , com as tuas ideias, opiniões e intervenções, para um Marco de Canaveses melhor. É uma homenagem que te presta um simples Marcuense que como tu muito gosta da nossa terra!
Sei que a tua intervenção no Marco de Canaveses não ficará por aqui...
Sei que não me levas a mal se, nesta oportunidade enaltecer também o grande mentor nesta terra da e-comunicação , e nosso amigo comum Coutinho Ribeiro que por coincidência comemora hoje o seu 50º aniversário.
Abraço,
Rui Cunha"
José Carlos Pereira a 31 de Julho de 2010 às 15:36

Caro Rui, agradeço as tuas palavras, que reflectem uma longa amizade, que começou há mais de trinta anos nos bancos da escola.
Como bem lembras, os 50 anos do nosso amigo Coutinho Ribeiro merecem ser assinalados a preceito.
Um abraço

Caro Dr José Carlos,
No momento em que termina a sua participação neste blog quero transmitir-lhe a minha simpatia pelo trabalho desenvolvido. Respeitando naturalmente a decisão tomada, não posso deixar de simultaneamente constatar que é mais um espaço e uma voz "livre" que deixa de se fazer ouvir.
Um abraço.
antonio ferrreira a 31 de Julho de 2010 às 18:13

Caro António Ferreira,
permita-me o seguinte esclarecimento: O Marco 2009 vai continuar, o José Carlos Pereira decidiu terminar a sua participação, mas tentaremos manter este espaço tal como até aqui. Se continuamos a contar com o JCP, contamos também com o leitor para mantermos este espaço.

Caro António Ferreira, agradeço as suas palavras simpáticas.
Um abraço

Caro Zé Carlos,
já falamos sobre esta saída e sabe a minha opinião. Sei que a sua intervenção pelo Marco não se fica por aqui, voltará sempre que for preciso.
Sei que continuará a "visitar" o Marco2009 e que não deixará de dar a sua opinião sempre que julge importante.
Continuaremos a contar consigo, no Marco2009 e no Marco. A sua opinião faz falta, no Marco2009 e no Marco. Por isso, fica o meu até já.
Abraço amigo.
João Monteiro Lima a 31 de Julho de 2010 às 19:03

João, acompanharei sempre o Marco 2009 e aquilo que se for escrevendo por aqui.
Abraço

Perdeu-se a alma e o espirito deste blogue.

Concerteza nunca teve ninguém neste Marco que admirou tanto a sua forma de escrever, apesar de não saber quem eu sou, ficarei com saudades dos nossos pequenos debates.
Poucas vezes concordei consigo, mas o José Carlos é muito bom em Ciência Política.
Boa sorte para a sua Vida.
Calheiros a 2 de Agosto de 2010 às 01:02

Agradeço as suas palavras, caro conterrâneo leitor.

Caro Dr. José Carlos
No momento em que tomei conhecimento da sua decisão, sinto necessidade de lhe agradecer a "lufada de ar democrático" que os seus textos significaram, para mim e que me motivaram para continuar cívica e politicamente activo, num ambiente em que mais apetecia desmobilizar, nesta nossa Terra, que escolhi para ser minha.
Mais : consigo, aprendi muito sobre a história recente deste Concelho.
Estou à vontade para dizer isto, pois não tenho o prazer de o conhecer, pessoalmente .
Estou certo que o blog continuará a ter a equilibrada , mas comprometida, linha editorial que o distingue dos seus "concorrentes"
Abel Ribeiro a 2 de Agosto de 2010 às 10:25

Caro Dr. Abel Ribeiro, agradeço as suas palavras. Haverá certamente oportunidade para nos conhecermos.

Caro amigo,
Parabéns pela tua decisão que considero sábia e um grande obrigado a ti e ao Coutinho Ribeiro pelo aparecimento deste espaço numa altura crucial para a nossa terra.
Como sempre, estarei sempre por perto a acompanhar o vosso percurso no que respeita ao nosso Marco de Canaveses.
Cristiano Moreira a 3 de Agosto de 2010 às 19:59

Meu amigo, um forte abraço em nome de trinta anos de amizade e companheirismo.

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO