Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
11
Ago 10
publicado por João Monteiro Lima, às 17:45link do post | comentar

O JN de hoje atribui a Joaquim Gomes, ex-ciclista e actual director da Volta A Portugal em bicicleta, a seguinte declaração:

“para o próximo ano, tentar recuperar Câmaras que fizeram história na Volta a Portugal, como Porto, Matosinhos ou Bragança, entre outras”.

Ao ler esta frase de Joaquim Gomes, veio-me à memória que em tempos o Marco de Canaveses, recebeu inícios e fins de etapas, bem como "contra-relógios".

A caravana da Volta trazia um mar de gente - entre as equipas e os patrocinadores – e um colorido e uma animação especial à então Vila e ao Concelho. Muitos eram os marcoenses e habitantes dos concelhos vizinhos que vinham ver a “Volta”. Depois vieram os tempos em que, quem mandava, achava que desporto era só futebol e lá perdemos a animação, os directos da televisão e as receitas provenientes dos gastos caravana.

Soube-se ontem que início da Volta a Portugal em bicicleta 2011 será em Fafe, porque que a Câmara Municipal do Marco não tenta rapidamente, junto da organização da prova, que o Marco receba no próximo ano, pelo menos, o fim de uma etapa.

Pensem na projecção do concelho, nas receitas que cá ficam, na animação e também no prazer que muitos marcoenses teriam se tal acontecesse. Se é que isto importa.

tags:

Caro João Lima, já nem menciono em termos de projecção e reconhecimento do concelho, mas a propria animação vivida durante "o dia da volta" era sem duvida apreciado.

Lembro-te enquanto mais novo ir ver a volta para o café do meu tio, o Jocar, e lá (com os meus 10(?) anos) poder desfrutar de ver o pelotão passar com toda a gente na berma da estrada a gritar e atirar agua aos ciclistas enquanto comia um gelado...

Eram bons tempos sem duvida... Esperamos que a CMMC consiga, e queira, trazer essa possibilidade a todos nós!
Bruno Silva a 11 de Agosto de 2010 às 17:49

Pois é Bruno, tens razão, a animação no(s) dia(s) da Volta era enorme.
Para além do pelotão, há a caravana dos patrocinadores, a imprensa (os directos da etapa, os programas da parte da manhã). As pessoas dos conclehos vizinhos que se deslocam, ainda no Sábado estive com amigos de Santo Isidoro, que iam de proposito ver o fim da etapa da Sra. da Graça.
Vamos todos tentar fazer com que a Câmara traga a Volta ao Marco já em 2011.

Em conversa à uns tempos com uma pessoa ligada a estes tipos de organizações, acolher um evento destes nesta altura comporta em valores, dependendo se é uma chegada ou partida, entre os 50 mil e os 75 mil euros. Uma fasquia um pouco alta para o cofre da CMMC.
Miguel Guedes a 11 de Agosto de 2010 às 19:52

Caro Miguel Guedes
se os valores andam nessa ordem penso que não será muito pedir ao executivo que se empenhe em trazer de novo a volta ao Marco. Gastam-se 75000 € mas o retorno será seguramente maior. Aliás a Cãmara poderá fazer o seguinte exercício: solicitar, a uma Câmara de um concelho onde a Volta passe, uma estimativa dos proveitos obtidos com a Volta.
Para além da vertente custos/ proveitos penso que a projecção do concelho e a animação serão de ter em conta.
Esperemos para ver se a Câmara segue esta ideia.

Muitas vezes existem retornos que não são calculaveis a nivel monetário, pois o seu valor cultural vai muito acima de um numero.

Tambem essa quantia se realmente existe esse "preço" para a volta cá passar de certeza que com alguns patrocinios é possivel de se arranjar.
Bruno Silva a 12 de Agosto de 2010 às 14:03

A volta veio ao Marco duas ou três veses. No tempo dos futebois... Foi FT que tratou disso.
Anónimo a 12 de Agosto de 2010 às 17:07

É verdade que foi no tempo de Avelino Torres que a Volta veio Marco. Como também foi no tempo de AFT que deixou de vir.

os proveitos tal como diz o João são bastantes. A divulgação do concelho é um deles. seria sem dúvida uma grande aposta.
Rui Cerqueira a 13 de Agosto de 2010 às 15:24

O nosso concelho deveria ser mais divulgado, eis mais uma oportunidade para tal, aproveitando a Volta a Portugal em Bicicleta

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO