Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
06
Out 10
publicado por João Monteiro Lima, às 17:45link do post | comentar

O leitor Emanuel Moreira enviou-nos mais um texto sobre o desporto, desta feita sobre o Pavilhão da EB 2, 3 de Alpendurada, onde a equipa de futsal do FC Alpendurada disputa os jogos em casa. Transcreve-se na integra:

 

"No passado dia 02 de Outubro de 2010, desloquei-me ao velhinho pavilhão da escola EB 2,3 de Alpendorada para acompanhar as incidências do jogo referente à 4.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de futsal que opunha o cinquentenário FC Alpendorada ao septuagenário AR Freixieiro, instituição que neste ano comemora bodas de platina de existência.

Como me encontrava ali em trabalho, em colaboração com o site www.futsalportugal.com, desloquei-me para a parte superior do pavilhão, onde volvidos alguns instantes compareceu uma delegação da Rádio Clube de Matosinhos a fim de fazer a cobertura em directo do aludido encontro, algo que em momento algum terá ocorrido em Marco de Canaveses nos dezassete anos de existência da secção de futsal no FC Alpendorada.

Como é da praxe e do bem receber, cumprimentamo-nos e trocamos algumas considerações relativas aos plantéis, à formação que se pratica nos mesmos e às péssimas condições existentes naquele velhinho pavilhão para que profissionais dos órgãos de comunicação social consigam dar uma resposta positiva, séria e leal perante os seus seguidores, neste caso leitores e ouvintes. Sem qualquer espanto para mim, a aludida transmissão inicia-se com uma alusão mais que evidente das, e passo a citar “…falo-vos do velhinho pavilhão da escola EB 2,3 de Alpendorada, que não oferece quaisquer condições de trabalho…e eu que conheço tão bem as instalações do Futebol Clube de Alpendorada, o estádio e área envolvente…como se poderia fazer ali algo que dignificasse a instituição, a modalidade e os Marcoenses…”, nem mais, as condições do VELHINHO PAVILHÃO.

Este assunto foi por mim abordado na última Assembleia Municipal, onde questionei os responsáveis máximos pela pasta do desporto na Nossa Terra sobre se algum melhoramente iria ser realizado ao nível de pavilhão gimno desportivo na freguesia de Alpendorada e Matos. Nem uma palavra foi proferida sobre tal assunto na pseudo resposta de quem de direito.

Neste velhinho pavilhão participam em jogos oficiais dos Campeonatos Nacionais da 1.ª divisão de futsal e andebol feminino duas Associações Desportivas sedeadas na freguesia de Alpendorada e Matos. As condições são precárias.

Quem a este se desloca em trabalho vê-se e deseja-se para conseguir cumprir com as obrigações que lhe estão incumbidas. Fica mal Marco de Canaveses, pois as instituições perdurarão pelo tempo."

 

Emanuel Moreira

tags:

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO