Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
24
Fev 11
publicado por João Monteiro Lima, às 00:15link do post | comentar

O Presidente da Direcção da LIMFA, Sérgio Pinto de Sousa, enviou-nos um comunicado da LIMFA sobre o campeonato de futebol que está a decorrer e do qual temos dado notícas e sobre os acontecimentos ocorridos no jogo entre o GD Penha Longa e a ARCD Paredes de Viadores. Transcreve-se:

 

COMUNICADO DIRECÇÃO DA LIMFA

 

Deu-se início no último fim-de-semana, mais precisamente no dia 12 de Fevereiro, com a presença a convite da LIMFA do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses Dr. Manuel Moreira, o campeonato de futebol sénior da LIMFA – Liga Marcoense de Futebol Amador, tendo sido disputado o jogo inaugural no campo do G. D. Manhuncelos num embate em que a equipa da casa recebeu o Marco 09 e ganhou o respectivo jogo por 3-2.

No Domingo, dia 13 de Fevereiro, a A. D. R. C. Sande recebeu a A. D. de Carvalhosa tendo o jogo ficado empatado 1-1 e o G. D. Penhalonga jogou com a A. R. C. D. Paredes de Viadores tendo este jogo terminado sem estar cumprido o tempo regulamentar devido a uma agressão de um alegado adepto do Paredes de Viadores a um árbitro auxiliar, na sequência da marcação de uma grande penalidade contra essa equipa.

A actual Direcção da LIMFA que foi eleita juntamente com os restantes órgãos desta entidade no final do ano passado para as épocas desportivas de 2010/2011 e 2011/2012, vem lamentar e repudiar este acto de violência de que foi alvo o árbitro auxiliar, que desempenhava funções nesse jogo e informa que esta situação será tratada de uma forma rigorosa e exemplar, como aliás qualquer outra situação de violência que possa vir a acontecer em qualquer jogo organizado pela LIMFA.

Assim foi de imediato no final do jogo dado início ao procedimento criminal junto da GNR de Marco de Canaveses contra o agressor, estando a decorrer o mesmo e, para além disso foi dado seguimento no plano disciplinar encaminhamento desta situação para o órgão próprio da LIMFA, a Comissão de Análise e Disciplina, presidido pelo Sr. Padre Pedro Oliveira, para que seja instaurado o competente processo disciplinar para averiguação da responsabilidade dos envolvidos.

A Direcção da LIMFA presidida por Sérgio Sousa, considera que este tipo de situações em nada dignificam o trabalho que todo um conjunto de pessoas e entidades estão a desenvolver em prol do desporto no nosso concelho e cabe a todos enquanto sociedade na sua globalidade o repúdio deste tipo de comportamento e a formação de uma nova mentalidade de cidadania e participação, mentalidade essa que se pretende passar às gerações mais novas. Só assim poderemos evoluir enquanto cidadãos e enquanto sociedade. Quem não consegue compreender isto e comporta-se de forma a violar os mais básicos direitos e valores que assistem a qualquer cidadão, não será em momento algum tolerado no seio das actividades desenvolvidas pela LIMFA, no seguimento do que aliás tem sido a sua posição desde a fundação desta entidade.

A Direcção também desde já exalta o trabalho, o esforço, e deixa uma palavra de apreço e estímulo a todos os órgãos da LIMFA, das pessoas e entidades que com ela colaboram, nomeadamente das associações desportivas suas associadas e equipas de arbitragem, um trabalho nada fácil e que por vezes põe mesmo em causa a integridade física como infelizmente se pode constatar.

 

A Direcção da LIMFA

tags:

É de lamentar este tipo de situações de agressão ás equipas de arbitragem, por parte dos espectadores, mas cabe em primeiro lugar à organização do campeonato neste caso à LIMFA a protecção das equipas, e também dos senhores árbitros em exigir a sua protecção, por isso organizem e estruturem bem as coisas se não há dinheiro para ter protecção policial nos jogos não organizem o campeonato e Senhores árbitros exijam respeito pela profissão ingrata que têm porque no fim de contas a culpa é sempre do árbitro. Infelizmente só o árbitro tem culpa é humano errar todos erramos e se por cada erro partíssemos para a violência era o fim do mundo, estes senhores que praticaram a agressão mereciam que quando na sua vida profissional errassem também os patrões os agredissem, são lamentáveis estas atitudes.
vitor a 24 de Fevereiro de 2011 às 12:06

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO