Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
17
Mar 11
publicado por João Monteiro Lima, às 00:05link do post | comentar

A Câmara terá a sua reunião pública na próxima semana. A data agendada foi dia 23 de Março e o início da reunião está marcado para as 10h. Os municípes que pretendam acompanhar a sessão pública só terão que se deslocar ao Salão Nobre dos Paços do Concelho, dispondo de um período no qual podem questionar o executivo sobre as matérias que entendam como importantes.


A Câmara terá a sua reunião pública na próxima semana dia 23 pelas 10:00h. Esta reunião é pública, eu gostaria muito de ir, mas, infelizmente, eu e mais um bom pedaço dos habitantes da nossa Terra não podemos faltar ao trabalho. Andamos à rasca... não é possível mudarem isso e, fazer com que seja de facto uma reunião de possível acesso por parte de todos os marcoenses?
Também posso? a 21 de Março de 2011 às 21:11

Caro Leitor (a)
eis uma boa proposta, eu também não posso ir às reuniões por motivos profissionais, e admito que gostaria de assistir mais vezes às reuniões do executivo

Caro João M. Lima

Mais vale tarde que nunca.Por razões técnicas,só hoje pude comentar o seu post ou melhor,o lamento dum marcuense interessado em assistir às reuniões do Executivo.
Assim,meu caro conterrâneo,não sei se deva apoiar o seu desejo,se pelo contrário o deva aconselhar a desistir de tal.É que a maioria destas reuniões têm-se transformado em espectáculos improprios e até indecorosos,para todos quantos "torcem" para que a Democracia finalmente seja um facto consumado no nosso Marco.
Até aqui,o usual é a prática duma gestão ditatorial nas decisões políticas,das ditas reuniões.Pois se até se permitem intervenções "críticas" do público a este ou aquele vereador,por vezes descendo ao insulto,que não simples interpelações ou questões,como determina a lei.
Pondere bem,meu caro conterrâneo,se não se arrisca a ser mal tratado.Obviamente tudo dependerá do lado de onde ou para onde vá correr o vento.
Cumprimetos
Miguel Fontes
Miguel Fontes a 25 de Março de 2011 às 22:12

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO