Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
22
Jun 11
publicado por João Monteiro Lima, às 00:05link do post | comentar

Na noite de hoje, realiza-se a partir das 20h 30m, mais uma Sessão da Assembleia Municipal do Marco. Sem grandes assuntos em agenda, preve-se que os períodos antes da ordem do dia e a informação escrita do Presidente da Câmara sejam os que deverão ocupar mais tempo dos deputados municipais


Caro João Monteiro Lima

Sem qualquer intuito ofensivo,usarei uma graçola,para iniciar o meu comentário.
O meu amigo tem um olhinho vesgo e como tal errou a pontaria,ao admitir que seria o tempo antes da ordem do dia e a informação escrita do Presidente,que ocupariam mais tempo aos senhores deputados.
Realmente, e mais uma vez,(que penoso isto se está a tornar para todos os marcoenses),Manuel Moreira açambarcou o tempo "regimental" das suas intervenções,dilatou-o,quanto necessário, com pleno consentimento da Mesa da Assembleia pela habitual passividade,nunca deixando que o "protagonismo" daquelas enfadonhas sessões,pudesse cair em mãos alheias.
É ver quem mais boceja,quem mais se retorce na cadeira,com que frequência e número os deputados se ausentam da sessão com a habitual desculpa da satisfação inadiável das suas necessidades fisiológicas.
Enfim,um verdadeiro calvário,que hoje só foi interrompido por uns arremedos de chalaças,candidatas às gargalhadas dum coro de corifeus.
Assim,meu caro,volte a apostar,porque desta vez não acertou.
Cumprimentos
Miguel Fontes
Miguel Fontes a 23 de Junho de 2011 às 02:51

Caro Miguel,
Tive oportunidade de assistir à sessão da Assembleia. Que me recorde no período de antes da ordem do dia ninguém interpelou MM, no entanto este consegui esgotar o seu tempo e o concedido (com a anuência) da assembleia, a falar de assuntos já conhecidos. Apesar disso ainda ouve tempo para uma intervenção de fundo de um deputado, sobre a campanha eleitoral para as legislativas! Continuamos a falar do passado! Será por ausência de projectos para o futuro?
antonio ferrreira a 26 de Junho de 2011 às 22:48

... ainda houve tempo para..., e não como apressadamente escrevi!
antonio ferreira a 28 de Junho de 2011 às 23:57

Caro António Ferreira,
não estive na Assembleia mas soube desse momento sobre a campanha eleitoral, pena é que haja anuência para campanhas eleitorais após as eleições.
Sobre falar do passado, sabe que é mais fácil falar do passado do que do futuro pois para tal é preciso ter uma ideia do que se quer

Amigo Miguel
terei falhado na minha "aposta", mas aí a culpa é dos deputados.
Não estive nesta sessão, mas se estivesse não deixaria de questionar o executivo sobre o que entendesse ser importante e mostraria o meu desagrado pelo tempo excedido e pelo conteúdo da intervenção do deputado Luis Pinto do PSD, que na sua intervenção mais pretendeu acertar contas do passado recente do que falar de algo verdadeiramente importante para o Marco


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO