Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
25
Fev 09
publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 23:51link do post | comentar

No seu estilo habitual, Ferreira Torres acusou o Procurador de "mentir". A defesa pede a sua absolvição. No dia 26 de Março, sabe-se o que decide o tribunal.

 

(Adenda: No dia 26 de Março não se decide, apenas, se AFT é ou não condenado. Nesse dia, pode também decidir-se, em parte, o resultado das eleições autárquicas deste ano no Marco.)


Vi há pouco na televisão que Ferreira Torres até recuperou a história política do procurador Remísio Melhorado que ontem o acusou, lembrando que este concorreu há uns anos à presidência da Câmara de Vila Nova de Foz Côa e perdeu. Só lhe faltou dizer que foi candidato pelo PS.
José Carlos Pereira a 26 de Fevereiro de 2009 às 00:22

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO