Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
21
Set 11
publicado por João Monteiro Lima, às 00:05link do post | comentar

Vou ouvindo que se perspectivam mudanças na JS e na JSD marcoenses. Se na JS não se perspectivam grandes mudanças, pois a transição prevê-se tranquila, já nas hostes laranja a coisa poderá não ser igual.

Dizem-me que um grupo de jovens militantes marcoenses da JSD se uniu para derrotar a actual liderança de Luís Pinto, e as perspectivas de mudança são altas, tal é, não só o empenho e qualidades dos jovens em questão como a extraordinária receptividade que vão tendo um pouco por todo o concelho e vontade dos militantes em mudar de líder.

Tranquila não será a palavra para adjectivar esta eventual mudança nos jovens "laranja" do Marco.

O mês que se aproxima poderá trazer à vida política marcoense um conjunto de jovens interessados na nossa Terra, jovens que pretendem pôr os interesses do Marco à frente de todos os outros.

 

 


Caro João Monteiro Lima

As possíveis mudanças na JSD do Marco,eram mais do que anunciadas,dado o fraquíssimo desempenho político do seu actual líder,Luís Pinto.
Os exemplos dos vários outdoors da JSD da sua responsabilidade,deturpando factos e desinformando intencionalmente os Marcoenses,só podiam ser,como diz o nosso povo,lenha para se queimar.
Não quererá,nem gostará a juventude social-democrata marcoense,de se rever em tal líder,que até hoje,se esforçou sempre mais por ser um "yes man" de Manuel Moreira,que ser realmente o representante daquela juventude marcoense,que quer um Marco do século XXI,que também já deixou de acreditar nos falsos pagadores de promessas,que se sente incomodada
quando confrontada constantemente com a estafada estória do serviço da dívida,para justificar incapacidades notórias de gestão e que não se faça obra.
Escrevi há tempos num dos blogues marcoenses,que no meu entendimento a juventude social-democrata do Marco estava mal representada,pois sabia de fonte segura,ela dispôr de elementos bem mais capazes para ocupar a liderança da JSD.
Estou certo,que uma nova liderança se aproxima e se vai concretizar,para bem do Marco.
Na minha opinião,as juventudes partidárias,quaisquer que elas sejam,embora institucionalmente partes dos partidos,não deverão ser caixas de ressonância desses mesmos partidos,muito em especial deste ou daquele líder partidário.
Devem ter voz,opinião e capacidade de decisão independentes,serem imunes à corrupção do poder instituido,coisa que infelizmente não se tem verificado com a actual liderança.
Um abraço do
Miguel Fontes
Miguel Fontes a 22 de Setembro de 2011 às 00:08

Mas Joao Lima, agora faz comentarios a favor de eleições internas da JSD? Ainda por cima defendendo uma das partes em deterimento de outra? Não foi assim que me habituei a conhece-lo....
Rui Silva a 22 de Setembro de 2011 às 10:52

Dado que, a autoria deste comentário me parecer ser demasiado obvia não perderei muito tempo a explicar ao dito Rui Silva que não me interessa quem ganha ou perde na JSD Marco, interesso-me mais em saber quem são os jovens que se interessam pela política. Tal como gosto de os conhecer para perceber se podemos ter esperança num futuro melhor para o Marco

Alguém sabe quem são os sucessores? Alguém confirma Paulo Ricardo Teixeira na JSD?
Paulo Silva a 22 de Setembro de 2011 às 18:13

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO