Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
01
Out 11
publicado por João Monteiro Lima, às 07:55link do post | comentar

Paulo Ricardo Teixeira, candidato à liderança da JSD Marco enviou-nos o seguinte pedido de divulgação que se transcreve:

 

 

Caríssimos,

  

Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades. Chegou a altura de mudar!

Encontramos hoje, em Marco de Canaveses, uma juventude cada vez mais forte, um potencial que evolui a cada dia em que o sol nasce. Esta juventude tem que ser potenciada e, para isso, no nosso entender é imprescindível uma instituição musculada para caminhar junto dos jovens no sentido de clarificar os seus itinerários. É urgente alargar os horizontes da juventude marcoense. O grande objectivo da nossa candidatura é suscitar aos jovens da nossa terra um maior interesse pela sociedade civil e simultaneamente estar junto deles. Acreditamos piamente que a abertura é o melhor ingrediente para o progresso, para o amanhã.

Assistimos a um tempo em que a palavra exclusão é contemporânea dos assuntos políticos mundiais. O jovem não pode sentir que tem à sua volta uma cidade que não vai ao encontro das suas capacidades, para isso temos que lutar  de forma pró-activa de modo a envolver estes super-jovens na comunidade.

Esta candidatura nasce no ceio de um grupo perfeitamente consciente daqueles que são os problemas que afectam a juventude marcoense. Um grupo que está habituado a conseguir os seus objectivos sem acreditar unicamente na sorte. Somos sim, um grupo habituado a conseguir atingir os seus objectivos através de duas coisas fundamentais: trabalho e dedicação. Dois aspectos que não se têm verificado nestes últimos dois anos mortos, em que a actual liderança da JSD MARCO deixou muito a desejar. Há uma crença que nos move e, nos dá força a cada dia para lutar-mos pelos interesses daqueles que nos estão mais próximos, os jovens. Essa crença advém de um permanente contacto com estes. Nós seremos a voz dos jovens que valorizam o trabalho, que gostam de estar no terreno sem qualquer tipo de preconceito. É assim que nos somos, é nisto que acreditamos.

Há uma promessa que vos garantimos desde já: trabalho.

  

Com os melhores cumprimentos,

 

Paulo Ricardo Teixeira

Candidato à liderança da JSD Marco

tags:

Já ninguém separa o "mos" ("lutar-mos")... ;)
Anónimo a 1 de Outubro de 2011 às 20:21

Pois, Ricardo, mas ha mais uma coisa que te move... A concelhia do PSD Marco! Os Dirigentes do PSD do Marco querem tirar de lá o Luis Pinto para poderem indicar outro candidato à camara em 2013... E sabe-se que Luis Pinto apoia Manuel Moreira... Um empecilho para Rui Cunha....

João Oliveira - JSD a 2 de Outubro de 2011 às 02:21


Caro João Oliveira, quero deixar muito claro que a lista C não se está a candidatar contra ninguém, e fica-lhe muito mal lançar tais atoardas de ânimo leve. E desde já, empecilho, digo-lhe, foi para os jovens marcoenses ter tido durante estes dois últimos anos uma JSD cuja direcção não se importou com a sua tarefa fundamental, que é estar junto jovens, incentiva-los, motiva-los a inserirem-se em projectos que possam criar mais-valia para o próprio bem-estar do jovem e da sociedade em geral. É este o ponto fundamental que nos levou a avançar com a Candidatura da Lista C.
Neste comentário fica patente que o que moveu e move a actual estrutura da JSD Marco é sem dúvida as jogadas político-partidárias, que nada têm a ver e volto a frisar com o papel da JSD deve promover junto dos jovens. E isto vem demonstrar que certas e determinadas pessoas só estão nestas andanças para tentarem dar o salto. E quando aparece um grupo de pessoas com motivação e capacidade para trabalharem em prol da criação de valor humano no seu concelho, sem estar à espera de nenhum cargo em troca, os tentem derrubar com todo o tipo de artimanhas.Com este tipo de atitudes fica claramente à vista o carácter das pessoas.

José Augusto Aguiar Pereira
José Augusto Aguiar Pereira a 3 de Outubro de 2011 às 00:49

É gratificante verificar que o Senhor Anónimo somente tenha detectado esta falha na apresentação da candidatura da Lista C à JSD Marco. Tal demonstra que o projecto é sólido, consistente e tem todos os alicerces para um rejuvenescimento de uma juventude partidária que se revelou apática no último par de anos a nível concelhio. Comprometer-nos-emos a limpar todas as mínimas “nódoas” gramaticais a fim de evitar comentários com conteúdo que desilude quem procura incessantemente por “nódoas” maiores.
Francisco Sousa Vieira a 3 de Outubro de 2011 às 00:47

João Oliveira, o que move o guerreiro Paulo Ricardo Teixeira são princípios de seriedade e altruísmo para com a juventude. Sabemos que o mais fácil é criticar quem lá está ao invés de criticar quem pode vir. É de ousadia elevada e pouca elegância assumir o que move Paulo Ricardo Teixeira a avançar com uma candidatura, pois eu, estou com o PRT a 200% e nunca em altura alguma o nome Rui Cunha foi pronunciado ao passo que o nome de MM foi falado. Foi dito que Manuel Moreira foi o homem que trouxe a liberdade para Marco de Canaveses. O Dr. Manuel Moreira não precisas de pessoas que lhe digam que sim todos os dias. Precisa de se rodear por pessoas que estejam no meio da juventude, que saiam, estudem, trabalhem com toda exuberância que define a beleza da juventude. Ser jovem é dizer o que pensamos sem receios, com a vontade de querer um amanhã melhor.
Não tenho qualquer duvida que no dia 15 Se o Dr. Paulo Ricardo Teixeira for eleito presidente da JSD Marco, quem ganha não é só o presidente da Câmara, mas sim todos os jovens da nossa Terra, que há tanto esperam por alguém como o Paulo Ricardo Teixeira.
Amigo, companheiro, guerreiro Paulo, estarei contigo na vitória e serei fiel na derrota.
Américo Moreira JSD a 3 de Outubro de 2011 às 12:41

Bem Américo, nesse caso é melhor que te vás preparando para ser fiel.
Anabela Soares a 3 de Outubro de 2011 às 18:25

Há uma pequena diferença entre o querer e o ser obrigado a querer . Acho sinceramente , que este sociedade está farta de discursos repetitivos, de ideais fartos, de gente que sinceramente não sabe ocupar o lugar que está.
O que o Marco precisa é de gente nova à frente , com capacidades , motivação, inovação.... e sobretudo a tal "open mind", para que se dêem passos sem medo, em cooperação com a incrível geração de jovens que o Marco tem.
Esta tal geração "À Rasca" está farta dos que sobem aos cargos pela conveniência , e não pela coerência, está à custa daqueles que quiseram tudo, para não deixarem nada.
É preciso mudar meu povo ! Haja sangue novo, haja educação, haja seriedade acima de tudo ... : )
Mudar não é fácil, mas incutir novos hábitos e princípios às pessoas agradece-se e precisa de tempo.
E façam para que esta geração seja realmente de mudança, e não da mesma consistência fraca das anteriores .
Não é só o Marco que o precisa, é Portugal inteiro .
O politicamente correcto deixou de existir à muito tempo ... que o façam vir novamente .
Ganha lá isso Paulo ! :) abraço
Miguel Teixeira Santos a 4 de Outubro de 2011 às 03:50

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO