Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
25
Nov 11
publicado por João Monteiro Lima, às 12:55link do post | comentar

A deselegância continua a grassar nas reuniões da Câmara do Marco. A educação parece que também não sobra. Os leitores vejam aqui ao que chegaram as reuniões do executivo marcoense.

Os marcoenses não querem ser representados desta maneira, as fotografias disponíveis fazem lembrar imagens que, de tempos a tempos, vemos vindas de parlamentos de países em vias de desenvolvimento.

E não haverá quem ponha ordem nisto?

Triste ainda haver quem pense que o Marco é uma quinta como a que foi ou querer que volte a ser.

"Quinta?"

" Feitor?"

 Haja decoro. Quem pronuncia tais termos não se recordará da coutada que foi o Marco no passado.


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO