Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
28
Abr 12
publicado por João Monteiro Lima, às 17:55link do post

O leitor Valter de Castro Vieira enviou-nos o seguinte artigo de opinião que se publica

 

PSEUDO OBRAS DO MARCO DE CANAVESES

 

Antes de mais, quero cumprimentar todos os autores e usuários deste blog

 

Há já um bom tempo atrás, mais precisamente desde as últimas autárquicas, que eu não escrevo nada pelos blogs, e tencionava continuar assim, mas certas situações no nosso concelho fazem com que seja necessário escrever algo.

Como relata o título, refiro-me às obras de Santa Engrácia que somos vítimas neste concelho, com certeza existirão mais, mas vou falar apenas em duas que se encontram em freguesias centrais do concelho.

Como todos já repararam, em frente ao posto de abastecimento de combustíveis GALP, muitos funcionários municipais “alargaram” o passeio que por lá existe, mas a dúvida persiste: serão as prometidas obras de requalificação do concelho? Sinceramente duvido, gostava que alguém explicasse o porquê das obras terem ficado suspensas, é que está à vista de todos a miséria em que fica aquela via de pedestres quando vem o tempo de chuva, já para não falar da lama que acaba por vir para a estrada, e pior ainda, o sinal de desorganização que se mostra a quem por lá passa.

A segunda pseudo obra em questão, trata-se do cemitério de Fornos, lembro-me bem que em vésperas das últimas eleições autárquicas, colocaram um cartaz a anunciar “mais uma obra!” no cemitério, obra essa que visaria a sua extensão e requalificação. No entanto e volvidos quase 3 anos, a obra encontra-se como? correcto caros leitores, parada!  Fez-se uma limpeza ao mato em redor e ficou-se por aí, isto só mostrou e continua a mostrar o engodo que aplicam aos habitantes desta terra.

Mais vale ir começando a proibir a morte ou quiçá, criar um alto imposto para morrer, a ver se vão continuando a haver lugares para o descanso eterno, claro que ironizo esta situação, mas a realidade é que se trata de um caso de saúde pública, visto que caso haja uma catástrofe ou acidente que envolva alguns concidadãos, não existirão lugares para depositar condignamente os corpos.

Ora bem, isto é só um pequeno exemplo, e tenho mesmo imensa pena que não tenhamos no nosso concelho uma gestão honesta e concisa neste ramo, faz-me confusão ver concelhos vizinhos a evoluir e nós sempre na mesma, vejamos, Penafiel, está em constante remodelação urbana, lá existem projectos co-financiados, existem parcerias, existe trabalho!! 

Penso que nós marcoenses devemos questionar mais este tipo de comportamentos

 

Valter de Castro Vieira


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO