Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
23
Jul 12
publicado por João Monteiro Lima, às 23:55link do post | comentar

Um grupo de estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto desenvolveu um projecto que permite que as plantas cresçam sem fertilizantes. Depois do reconhecimento em Portugal, este projecto partiu para o estrangeiro estando também em destaque.

Embora tivesse tido conhecimento desta notícia há quase 2 meses e, inicialmente por um determinado motivo não tivesse publicado a notícia, entendo que pela sua importância deve ser conhecida e, pelo que fui constatando, esta notícia, que muito deveria orgulhar o Marco, terá passado ao lado de muitos marcoenses.

E tal não deveria ter acontecido pois um destes jovens é marcoense, chama-se José Nuno Leitão, reside em Sobre-Tâmega e é, desde há muitos anos, um aluno de excelência nos estabelecimentos de ensino por onde tem passado.

O percurso deste marcoense deve ser acompanhado pois também o José Nuno Leitão leva mais longe a sua terra. Deixo os parabéns ao grupo, mas em particular ao Nuno que conheço há largos anos. Parabéns Nuno

Ficam aos leitores os links (aqui e aqui) com mais pormenores sobre o projecto, aproveitando também para informar que, entretanto, a deslocação destes estudantes à Macedónia já se realizou, tendo este projecto sido um dos vencedores

 


Parabéns ao marcoense José Nuno Leitão,extensíveis a todo o restante grupo destes jovens investigadores.Não me surpreende que o nosso Marco tenha filhos,que revelam um valor intelectual acima da média e nos fazem encher de orgulho por sermos seus conterrâneos.Tenho de há longos anos o privilégio de ser desde longa data o médico da confiança de duas jovens investigadoras naturais da freguesia de Tabuado,jovens de confirmados méritos.Devo por respeito às próprias omitir os seus nomes.

Um abraço ao José Nuno Leitão
João Valdoleiros a 24 de Julho de 2012 às 22:30

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO