Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
07
Fev 13
publicado por João Monteiro Lima, às 22:55link do post | comentar

Tivemos acesso à nota à comunicação social emitida pela Federação Distrital do Porto do PS que aborda a escolha de Lino Tavares Dias como candidato à Câmara do Marco. Transcreve-se

 

LINO TAVARES DIAS PROPOSTO PARA CANDIDATO DO PARTIDO SOCIALISTA À CÂMARA MUNICIPAL DO MARCO DE CANAVESES

 

O Professor Lino Tavares Dias é o candidato proposto pelo Secretariado Distrital do PS para a Câmara Municipal do Marco de Canaveses. A escolha foi sufragada, por unanimidade, na reunião da noite de ontem do Secretariado Distrital e culmina o impasse vivido quanto ao processo de escolha do candidato, nas estruturas locais do partido.

Em face dos factos, o presidente da Federação Distrital, José Luís Carneiro, encetou um processo de diálogo e concertação de pontos de vista e perfil do candidato com o presidente da Comissão Política Concelhia do Marco de Canaveses, a par da auscultação das várias sensibilidades existentes e tendo ainda em linha de conta a circunstância de o nome proposto em anteriores votações da Comissão Política Concelhia – Artur

Melo - reconhecer “não ter condições para ser candidato”. Assim sendo, a escolha do candidato do PS recaiu no nome de um ilustre académico, com reconhecidos méritos e gestão da causa pública, quer enquanto ex-diretor regional do Norte do Instituto Português do Património Arquitectónico (entre 1998 e 2006), quer enquanto coordenador da Medida de Cultura do Plano Operacional da Região Norte do III Quadro Comunitário de Apoio – 2000-2006.

Lino Tavares Dias é, como investigador e estudioso, uma personalidade com fortes ligações ao concelho, tendo liderado as escavações (com início em 1980) da área arqueológica do Freixo Tongobriga, uma cidade romana classificada como monumento nacional.

O agora proposto candidato do PS à autarquia do Marco de Canaveses foi ainda o responsável pela elaboração do conceito de “paisagem milenar”, que hoje orienta a aplicação dos fundos do PRODER na região do Baixo Tâmega, consubstanciando uma escolha de reconhecido mérito, que o Partido Socialista quer apresentar ao eleitorado concelhio.

O candidato proposto pelo PS à Câmara Municipal do Marco de Canaveses é o quarto independente escolhido para liderar listas autárquicas,

logo a seguir à Póvoa de Varzim, Paços de Ferreira e Paredes.

Agora, após aprovação unânime do Secretariado Distrital, a Comissão Política Concelhia será chamada a pronunciar-se, definitivamente, sobre

o candidato Lino Tavares Dias.

 

7 Fevereiro 2013

 

Gabinete do Presidente da Federação Distrital do Porto

 


Quais sensibilidades?! O Dr. José Luís Carneiro tem de esquecer os que nunca fizeram nada pelo PS...
Todos quiseram o seu protagonismo por diferentes interesses. Uns por vaidade, outros por interesses financeiros e alguns para traficar influências junto dos seus amigos em Lisboa.
Deixem de enganar os verdadeiros "SOCIALISTAS"!!
Anónimo a 8 de Fevereiro de 2013 às 18:42


Poderá ser mais objectivo no seu comentário?
Obrigado
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2013 às 11:54

A objectividade é boa... O Presidente da Distrital "marcou" quem não o apoiou à Distrital e reuniu-se dos seus caninos apoiantes que fazem tudo o que ele diz e fez com que cobardemente estes dinamitassem e humilhassem o partido e que faz algo por ele. Depois aparece uma solução que estava há muito escolhida, como se fosse o salvador da pátria. E pergunto eu? Como é que fica o presidente da CPC? Os militantes sabem destas manobras?
Telmo a 12 de Fevereiro de 2013 às 10:34

Meu caro Telmo, o Presidente da Distrital, não tem direito a voto. E mesmo depois de o Dr.Artur Melo ter "empatado", a CPDistrital, e o seu presidente, deram-lhe outra oportunidade, que era desempatar. Como se isto fosse um jogo de futebol. mas os militantes eleitos para o orgão que decide, CPC, chumbaram o nome do Dr.Artur. Mesmo, ao que me dizem, mesmo não tendo a opção " do voto contra" no boletim de voto. Os militantes que o apoiaram (a grande parte) entenderam que esta não era a solução. O que devia fazer o Dr.José Luis Carneiro? ir contra a vontade explicita dos militantes do PS Marco?!!! mas que democracia seria esta, que não se respeitam as eleições? mesmo que não se concorde, há que aceitar... e agora o Dr. J Luis é que tem culpa.. haja paciência. Ele devia era ter avocado o processo logo no inicio. E mais, os militantes de base não sabem disto, porque nunca os convocaram para discutir este assunto, que é deveras importante para o futuro do PS Marco. Havia muito interesse em "controlar" a informação. Deu nisto ...
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2013 às 09:43

Este nome para candidatura do PS Marco sera a personificacao do desnorte deste partido. Se agora para emitir uma licenca de construcao e dificil, se este sr fosse presidente era impossivel, pois transformaria o Marco de Canaveses todo nums colonica de arqueologica romana.
O PS Marco deixou de estar na corrida a Camara.
Para mim, o Artur Melo teve uma atitude digna ao se demitir.
A politica do PS Marco e uma brincadeira.
Sergio Pereira Coutinho a 12 de Fevereiro de 2013 às 02:03

Este nome para candidatura do PS Marco sera a personificacao do desnorte deste partido. Se agora para emitir uma licenca de construcao e dificil, se este sr fosse presidente era impossivel, pois transformaria o Marco de Canaveses todo numa colonia de arqueologica romana.
O PS Marco deixou de estar na corrida a Camara.
Para mim, o Artur Melo teve uma atitude digna ao se demitir.
A politica do PS Marco e uma brincadeira, e nao tenho duvidas que esta candidatura aparece como um complo para destruir o Artur Melo. Mas para mim, sera um tiro no pe no futuro do PS Marco.
Afinal, o PS Marco nao tem nocao nenhuma do que e construcao politica de oposicao, nem sequer constroem nada.
Isto, nao e um partido mas a desconstrucao de uma linha politica.
Fico parvo com o que as pessoas que estao a frente dos aparelhos partidarios do Marco fazem ciencia politica.
Isto e um verdadeiro atentado a todos os principios politicos.
Estou e fiquei Estupefacto!
Se eu fosse PS tinha vergonha de o ser.
Para mim esta candidatura foi cirurgicamente estudada pela Distrital do partido.
Sergio Pereira Coutinho a 12 de Fevereiro de 2013 às 02:20

Não comprendo de fato, o que se passa no PS Marco. O processo foi transparente, democrático, mas porque será que o vereador e alguns que o acompnham não respeitaram a vontade explicita da estrutura do partido. Mas o que é que não conseguem perceber? o próprio partido entende que este não é a solução. E Dr.Artur vai dar entrevistas a falar mal do PS Marco? a dizer que não vai fazer campnha com o PS ..um vereador eleito pelo PS..então demita-se. É o minimo que podia fazer. E os que pediram a demissão do secretariado foi apenas uma estratégia para ver se tomavam "conta" do PS tirando o "tapete" ao Dr.Agostinho. E aí sim, controlar votos para que o candidato fosse quem eles queriam. Haja discernimento. E respeito pelos orgão legitimamente eleitos.
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2013 às 15:50

Um candidato escolhido pelo senhor Carneiro, há muito, candidato este que nem sequer foi a votos para que CPC do PS Marco se manifestasse. . . Se este tivesse sido um processo normal esse senhor teria de se candidatar a candidato e ir a votos com o Dr. Artur Melo. Porque não foi? O PS Marco falha mais uma vez ao não repetir o candidato e ao não dar continuidade ao projeto criado na campanha do dr. Artur Melo. Obg José Luís Carneiro por ter vindo, mais uma vez, dividir o partido cá no Marco, obg a si , ao engenheiro Sousa Pinto e a todos os outros que nem sequer quiseram saber da vontade dos militantes. . . Este obg é irónico, claro. O PS Marco só saiu a perder com todo isto . . .
Maria a 13 de Fevereiro de 2013 às 21:13

Em democracia ganha-se e perde-se. Artur Melo foi amplamente derrotado. 18 votos brancos, um nulo (por não haver hipótese de votar contra) e 2 que se recusaram a votar por considerarem que o nome de Artur Melo já tinha sido excluído, ou seja, 21 contra e 13 a favor!
Valeu a pena esperar, pois temos um candidato para disputar a vitória e não para ser o último dos últimos. Lino é o homem certo! Finalmente o Marco tem motivos para ter esperança! Temos um candidato que não procura poder pessoal, não é produto dos “aparelhos”, conhece e pensa o território como poucos.
No PS Marco a democracia venceu a ambição pessoal!

Dulce Ramos
Dulce Ramos a 16 de Fevereiro de 2013 às 20:09

Oh Dulce se o Artur perdeu quem é que ganhou??
Emilia a 17 de Fevereiro de 2013 às 23:32

Emília, ganhou o PSMarco! O Artur Melo tinha um sonho de criança: ser Presidente da Câmara. Agora, e porque não, resta-lhe a Câmara do Porto... (para longe!)
Leonardo a 19 de Fevereiro de 2013 às 18:14

A Internet tem destas coisas.
Muitas são as vantagens desta ferramenta, outras tantas serão as desvantagens.
É lamentável que alguns seres se escondam por trás de um ecrã, utilizando os famosos heterónimos, para tentarem criar conflitos aqui e ali. O que se esquecem é que deixam sempre rasto.
Lembro que já em tempos, neste mesmo blogue, se fizeram passar por um camarada, à época dirigente da JS. Não sei se o autor terá sido o mesmo, mas caso seja, aconselho que consulte um especialista, porque essa "tara" deve ter tratamento.
Se querem comentar no anonimato estejam à vontade, desde que não ofendam ninguém, o João Lima publica, pelo menos tem sido a prática corrente. Mas é como digo, se por acaso for algum problema psíquico, que até pode ser causado por frustrações ou algo do género, isso tem tratamento.
Com tudo isto quero deixar claro que os comentários assinados como "Leonardo", não são da autoria de Leonardo João Machado, militante da socialista. Quem me conhece sabe que tais comentários nunca seriam da minha autoria.
Leonardo João Machado a 20 de Fevereiro de 2013 às 14:06

Caro Leonardo João

bem sei que não és o autor de tais comentários, pelo que conheço de ti sei que não o farias daquela forma.
aliás sempre que comentaste neste espaço, nunca te preocupes em nao divulgar o teu verdadeiro nome
estas atitudes ficam com quem as praticam e ambos sabemos que nao foi nenhum militante do PS ou JS chamado Leonardo que escreveu os tais comentarios
Volta sempre a este espaço que também é teu e que preciso das tuas opiniões

abraço

obrigado João!
É como digo, quem me conhece sabe que não o faria.

Voltarei, com certeza!

um forte abraço
Leonardo João Machado a 20 de Fevereiro de 2013 às 18:51

Até me admira a D. Dulce não ter iniciado o seus discurso como sempre, dizendo que já foi tantos anos militante do PCP, que falha a sua, é que ainda ninguém sabia. Grande defensora de Guilherme Pinto é interessante vê-la agora do lado do Carneiro . . .
Maria a 18 de Fevereiro de 2013 às 19:14

Maria, a D. Dulce foi sempre inequivocamente apoiante de José Luís Carneiro. Bjos!
Leonardo a 19 de Fevereiro de 2013 às 18:16

Prova de que o candidato do PS à câmara municipal , é um homem que o Marco precisa, é que as "grutas" e "minas" já começaram a aparecer na obra da requalificação da cidade.
Não eram de todo inesperadas, mas o que é certo é que ontem na obra era possível identificar várias minas e grutas que se entrecruzam no subterrâneo marcoense .
Anónimo a 19 de Fevereiro de 2013 às 12:06

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO