Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
11
Abr 13
publicado por João Monteiro Lima, às 12:55link do post | comentar

Recebemos de Miguel Carneiro, da JS Marco, o seguinte pedido de divulgação

 

 

Boa tarde,


Divulga-se, por este meio, a iniciativa Pensar o Marco: Marco 2030 - O que somos e o que queremos ser.
 
No dia 12 de Abril, pelas 22 horas, realizar-se-á, no Café Piolho, a primeira de muitas conversas que têm como objetivo pensar o município de Marco de Canaveses,no contexto global que é o país e o mundo. Esta iniciativa organizada pela Juventude Socialista de Marco de Canaveses (JS Marco) será aberta a todos os interessados, mais ou menos informados, mais ou menos interessados.
Num ambiente descontraído, onde todos poderão participar ativamente e expor as suas ideias sem receio, o apinel será constituido por dois convidados ligados à área da Arquitetura e Organização Urbana, dois professores universitários: o professor doutor Rui Braz Afonso, especialista em Urbanologia, e o professor doutor Lino Tavares Dias, Arqueológo e professor universitário de Arquitetura na Universidade do Porto.
Queremos um mundo melhor, um país melhor, uma cidade mais desenvolvida? Comecemos por Pensar o Marco, embarquemos neste conceito, pois temos a certeza de velejar até novos horizontes, novas Índias, verdadeiras e interiores.
Enfim, Pensar o Marco é sermos mais e melhor!
A JS Marco lança, deste modo, o desafio a todos os que sentem ter algo a acrescentar à realidade marcoense, procurando assim dar o seu contributo para ajudar a traçar o melhor caminho para o futuro do município

tags:

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO