Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
03
Fev 09
publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 15:25link do post | comentar | ver comentários (1)

O leitor Augusto Soares, em comentário abaixo, sai em defesa de Norberto Soares. Os argumentos que utiliza são, no mínimo, polémicos. Designadamente quando afirma:

«Norberto Soares já concorreu com as cores de várias camisolas em todo o seu trajecto autárquico e é isso que faz dele independente».

Ou quando diz:

«Os partidos apenas serviram para percorrer um caminho e atingir um objectivo. É esta a forma de lutar daqueles que são realmente independentes e querem servir o Concelho, mas não têm dinheiro para montar uma máquina eleitoral porque sempre pautaram a sua vida com honestidade e elevação. Perante tal quadro, parece-me despropositado criticar o CDS e aqui Norberto Soares só demonstrou o seu verdadeiro carácter, seguindo a velha filosofia de que não se deve cuspir no prato onde se come».

Qual é a vossa opinião sobre o assunto?, pergunto (já agora acho que devem ler primeiro o texto que deu origem ao comentário de Augusto Soares). Eu respondo mais tarde.

 


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO