Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
02
Out 10
publicado por João Monteiro Lima, às 11:05link do post | comentar | ver comentários (13)

Na última Assembleia Municipal, no período antes da Ordem do Dia, denunciei uma situação relacionada com uns pneus abandonados num terreno pertença do município, na parte traseira das Oficinas Municipais.

Não sabendo há quanto tempo os pneus se encontravam naquele local, mas seguramente há mais de 2 meses, não me inibi de afirmar que aquele não era o local para estarem "armazenados" nem a forma. Penso que até que há legislação específica sobre a forma como "armazenar" pneus.

Após a minha denúncia, o vice-Presidente da Câmara Municipal, José Mota, afirmou não ter conhecimento da situação mas que iria confirmar e resolver a situação.

Já após o fim da sessão, fui informado que os pneus iriam ser removidos no início da semana. Chegados ao fim da semana, apurei que a maioria dos pneus que se encontravam nos terrenos do município tinham sido removidos e que os restantes também o serão no curto prazo.

Valeu a pena a denúncia que fizemos bem como a (rápida e pelos vistos eficaz) intervenção do vice-Presidente município e vereador do Pelouro do Ambiente, José Mota.

Houvesse tanta rapidez na resolução de outros problemas noutras áreas como houve nesta situação e o Marco e os Marcoenses estariam bem melhor.


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO