Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
07
Jun 09
publicado por J.M. Coutinho Ribeiro, às 22:39link do post | comentar | ver comentários (1)

Estive dois dias sem parar por aqui. Nem mesmo para ler. Tenho andando muito ocupado com outros assuntos que, neste momento, são prioritários.

Daí que só hoje à tarde tenha visto que o JCP foi ameaçado por causa do que escreveu sobre o desempenho de Fernando Torres enquanto político. Confesso que não percebi a alusão aos demais co-autores do blogue a esse propósito. Que dizer sobre o assunto? Nada. Estas ameaças veladas e sem rosto fazem parte do ADN do Marco. E farão por muito tempo.  Em frente, portanto. Sem assobiar para o lado.

Enquanto tal:

Mais uma morte na Variante. Quantas poderiam ter sido evitadas com uma acção eficaz de quem de direito!? É claro que há ali condução pouco adequada. Mas não justifica tudo. É que má condução existe em todos lado. Mas há sítios com mais sinistralidade de que outros. Logo, é um problema de engenharia. Há anos que falo sobre isto.

Outra nota:

Leio as pequenas intervenções da jovem comunista Inês Branco, nos seus 16 anos. Alguma coisa me diz que está ali uma jovem talentosa que deve ser seguida.

tags:

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO