Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
02
Jun 10
publicado por José Carlos Pereira, às 00:15link do post | comentar | ver comentários (4)

Tem sido notícia nos últimos dias a criação do Movimento pró-Partido do Norte, que visa legalizar um partido de cariz regionalista a tempo de participar nas próximas eleições. Uma ideia que se percebe mal, até porque os seus principais proponentes, o antigo deputado e actual dirigente distrital do PS Pedro Baptista e o ex-dirigente do CDS-PP João Anacoreta Correia, teriam de se desfiliar dos seus actuais partidos para aderir ao novo Partido do Norte e nada disseram sobre tal facto. Além disso, a Constituição proíbe a constituição de partidos regionais.

Um movimento que defende a regionalização e combata as assimetrias regionais é uma coisa, um partido é outra completamente distinta. A Região Norte tem sido sistematicamente prejudicada pela ausência de um patamar de administração regional, mas criar um partido parece-me totalmente fora de propósito.

Ao falar do Partido do Norte, não pude deixar de me lembrar do nado-morto que foi o Partido Português das Regiões, impulsionado por Avelino Ferreira Torres, em meados dos anos noventa, com propósitos pouco claros. Uma vez que era autarca pelo CDS, Ferreira Torres perderia o seu mandato caso aderisse a um novo partido, pelo que tratou de arranjar protagonistas à medida do seu projecto. Assim surgiram os nomes de Arlindo Neves e Manuel Vaz, ex-presidentes das Câmaras de Gondomar e Póvoa de Varzim, respectivamente, e também de Luís Monteiro da Silva, hoje conhecido por Luís Duarte, ex-vereador e ex-presidente da Concelhia do PSD/Marco. A aventura do PPR durou dois ou três anos.

Como se vê, os tempos passam, mas os dislates continuam...


06
Mai 09
publicado por José Carlos Pereira, às 19:40link do post | comentar

O post abaixo de Coutinho Ribeiro sobre as freguesias e a gestão administrativa do território, com os respectivos comentários, motivou-me a ir buscar alguns textos antigos do Incursões sobre estas matérias. Só para animar a discussão.

 

Reforma do Estado - 09/06/2005

 

A gestão supramunicipal - 15/02/2006

 

Preparar o futuro - 31/03/2006

 

 

 


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO