Olhares descomprometidos, mas interessados, sobre o Marco de Canaveses. Pontos de vista muitas vezes discordantes, excepto no que é essencial. E quando o essencial está em causa, é difícil assobiar para o lado.
10
Jul 12
publicado por João Monteiro Lima, às 22:55link do post | comentar

A Presidente da Junta de Freguesia do Freixo, Luísa Sousa fez o balanço do Mercado Romando de Tongobriga. Transcreve-se o texto

 

 

Vimos pelo presente agradecer a disponibilidade de tiveram em divulgar a realização do nosso II Mercado Romano de Tongobriga, aproveitando para fazer uma breve nota do que por aqui se passou.
Com uma afluência de público que superou as melhores expectativas, aconteceu no passado fim de semana,  o Mercado Romano de Tongobriga no Freixo-Marco de Canaveses.  Após vários meses de ensaios e preparativos que envolveram mais de uma centena de pessoas desta comunidade e comunidades vizinhas, diferentes profissionais do teatro, música, dança e cenografia, arqueólogos e historiadores aconteceu a festa. Três dias intensos entre cerimónias de culto, manjares, gladiadores, mercadores da Era Romana, Áugures... chega ao fim o Mercado Romano de Tongóbriga MMXII.  Três dias de identidade e cultura em grande festa, nas ruínas deste importante núcleo arqueológico, antiga cidade romana.
O Mercado Romano de Tongobriga, teve a sua primeira edição em 2011, com um projeto que pretendeu reavivar as origens de Tongobriga, cidade romana, reconhecida internacionalmente no meio académico, pela sua importância e onde desde 1980 se colocam a descoberto as suas ruínas, salientando-se as zonas habitacionais e as termas devidamente preservadas. Aliado a este fator, pretendeu-se capacitar associações locais, escolas do concelho e população em geral, de forma a que o evento possa cada vez mais contar com recursos locais, na sua realização.
O objetivo foi atingido.
No Mercado Romano estiveram presentes na animação diversas pessoas da nossa e de diversas freguesias do concelho, a Associação de Budo do Marco, Casa do Povo da Livração, Grupo Colombofilo do Marco, Grupo de Escoteiros 237 e Grupo de Teatro Palmo e Meio, sob direcção artística da Panmixia no teatro e Andarilhos na música.
Uma iniciativa da Junta de Freguesia do Freixo,  que contou com o apoio da Estação Arqueológica do Freixo, da Camara Municipal do Marco de Canaveses, da Dolmen e da Direção Regional de Cultura do Norte.

Aos que nos vieram visitar um bem hajam!

 

Luísa Sousa


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO